30set/130

Um terço dos distritais devem trocar seus partidos

Deputados tem até o fim de semana para se ajeitarem nos partidos

 Por:  

 Às vésperas do prazo que limita as trocas partidárias válidas para as eleições de 2014, um terço dos deputados distritais da Câmara Legislativa buscam ‘renovação’ em outras legendas. Nesta segunda-feira (30), o distrital Dr. Michel se desfiliou do PEN para tentar um novo partido. A tendência é que siga para uma das novas siglas, o Pros, Partido da Ordem Social.

O fim da debandada no PSD também é esperada para esta semana. Washington Mesquita (PSD) deve anunciar a ida ao PTB, de Gim Argello. Eliana Pedrosa  já havia se desfiliado e se filiado ao PPS, onde pretende ter espaço para fazer campanha para governadora. Liliane Roriz, terceira a deixar a legenda, anunciou que vai acompanhar o pai Joaquim Roriz na filiação do PRTB, do Luis Estevão.

Sobrou Celina Leão (PSD), que apesar de toda a animação para entrar no PDT, do amigo Antonio Reguffe, acabou vetada. O partido de Carlos Lupi rejeitou Celina e Joe Valle (PSB). Ambos buscam novos rumos. No caso de Joe Valle, o plano B é o Rede Sustentabilidade, de Marina Silva. Mas o impasse judicial não deve tirá-lo do papel até sábado (5), forçando-o a pensar alternativas.

Se criado, o Rede pode atrair também o petista Chico Leite. Apesar de não confirmar a possível saída do PT, comenta-se nos bastidores sobre a insatisfação do distrital com a legenda, que não tem aperto espaço para a discussão dele na tentativa de uma cadeira no Senado.

 

fonte: blogdoclaudiohumberto 

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn