19fev/200

Presidente da CLDF faz análise de seu trabalho

Por Fred Lima

Em entrevista concedida a blogueiros de política da capital, o presidente da Câmara Legislativa do DF, Rafael Prudente (MDB), fez uma avaliação sobre a sua gestão à frente da Casa, além de  seu trabalho como parlamentar. Confira os principais pontos:

Aprovação da CLDF

As pesquisas que tivemos acesso mostram que a imagem da CLDF está um pouco mais positiva em comparação com o início da atual legislatura.

Reforma da Previdência local

Em conversa informal com o governador, não será encaminhado nenhuma proposta da Reforma da Previdência no DF

Eficiência

O que vamos buscar este ano é mais eficiência. Na Câmara, todo o processo interno administrativo é por meio digital. Ainda não conseguimos implementar a TV distrital, mas até junho estaremos inaugurando-a.

Passagem de ônibus

Sou a favor da redução da passagem de ônibus. Todos querem ter mais qualidade e menor preço.

IPREV

No passado, tivemos o saqueamento do fundo de previdência. Hoje, um fiscal trabalha 24h dentro do IPREV. Não há nenhum tipo de alerta sobre algum investimento estranho que venha sendo feito.

UBER

A lei não ficou 100%. Caso haja algum artigo inconstitucional que tenha passado, o executivo veta. Da mesma forma, o governo pode enviar um projeto e podemos também modificar. Houve o debate. Esperamos que essa onda de assassinatos de motoristas acabe.

Caso Jaqueline Silva

A deputada Telma ganhou de 7 a 0 no Tribunal Regional Eleitoral e perdeu no Tribunal Superior Eleitoral. Isso é uma questão interna. É difícil falar sobre um processo que até os juízes tiveram entendimento diferente. Sobre o deputado José Gomes, o processo segue agora no TSE e não sabemos se o tribunal poderá também mudar o entendimento, como fez com o caso Telma.

Privatizações

O GDF sinalizou que quer fazer uma concessão do Metrô. Sobre a CEB, o presidente disse que até abril quer publicar esse processo. Ambos os casos não passariam pelo crivo do legislativo por conta do entendimento do STF.

Concurso

Farei todo o esforço para chamar os 81 aprovados no concurso. Na verdade, quero chamar mais de 81. A ideia é criar um PDV para os servidores que querem se aposentar saírem com os seus benefícios, abrindo vaga para os aprovados.

Gratificação dos policiais

Tivemos hoje uma reunião com o senador Eduardo Gomes (MDB/TO). O parlamentar afirmou que nessa segunda-feira terminaria o prazo de emendas ao projeto e que colocaria em votação o aumento dos policiais do DF.

Proximidade com a população

Posso citar a reformulação da nossa ouvidoria, a televisão. Até o meio do ano vamos lançar o novo site da CLDF. Haverá a possibilidade de facilitar a entrada de projetos de iniciava popular por meio de assinaturas no site. Fora isso, conseguimos levar um pouco mais de pessoas na Câmara mais Perto de Você. As cobranças acontecem. Os dirigentes dos órgãos citados, por exemplo, têm de estar presentes em um dos dias para darem uma resposta à população.

Reeleição

Vai depender da vontade dos distritais. Fiquei muito focado nesse primeiro ano nos trabalhos internos da Câmara. Como só tenho dois anos na presidência, gostaria de fazer as coisas mais rápidas. Neste ano vou me dedicar ao partido e estar nas ruas ouvindo as pessoas, não me dedicando apenas ao trabalho administrativo interno da Casa. Em dezembro haverá esse debate. Se o meu nome tiver bem avaliado, por que não?

Indicação dos administradores

O governador acompanha de perto o trabalho dos administradores. Ele não vai deixar que o seu nome afunde por conta de administrador indicado por deputado, mas que não está indo bem. Cada administrador tem o seu estilo. Os que não estiverem fazendo um bom trabalho estão passíveis de serem trocados, independentemente de indicação A ou B.

Fonte: Blog do Fred Lima

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn