13maio/190

Politica: Os jovens senhores da politica da Câmara Legislativa do DF

CB.Poder

Coluna Eixo Capital/Por Ana Maria Campos

Eles são os mais jovens políticos com mandato no Distrito Federal. Os distritais Eduardo Pedrosa (PTC), de 29 anos, Fábio Félix (PSol), Júlia Lucy (Novo) e Leandro Grass (Rede), de 33 anos, e Rafael Prudente (MDB), 35 anos, conquistaram espaços que políticos mais experientes deixaram para trás num momento em que a renovação tem sido a palavra de ordem.

Filho e sobrinho de políticos, Eduardo Pedrosa busca caminho próprio. O pai, que tem o mesmo nome, sempre foi um articulador de bastidores, mas nunca exerceu mandato. Agora só dá conselhos como qualquer pai, sem grandes intromissões nos rumos. A tia, Eliana Pedrosa, foi distrital e chegou perto de ser governadora, mas agora também se afastou.

Fábio Félix conquistou um mandato que outros integrantes de seu partido com longa vivência na atividade política não conseguiram, como Toninho do PSol e Maninha — ela exerceu mandato pelo PT, mas nunca obteve sucesso pelo PSol.

Júlia Lucy foi a única candidata do Novo eleita no DF. Jovem e bonita, tenta vencer o preconceito de que, com esses atributos, não poderia ser competente. Usa óculos de grau para inspirar seriedade e opta por roupas mais sóbrias para ser respeitada.

Leandro Grass ocupou um espaço que a Rede perdeu com a saída de Chico Leite da vida partidária, depois da derrota na disputa ao Senado, no ano passado. Grass era oposição interna ao ex-distrital e tenta assumir o controle do partido.

Coisa que Rafael Prudente, presidente da Câmara Legislativa, conseguiu nesta semana ao se eleger presidente regional do MDB/DF, no lugar que há duas décadas era ocupado por Tadeu Filippelli. Tem tudo para chegar bem mais longe que o pai, Leonardo Prudente, principalmente se continuar longe das denúncias de corrupção.

Fonte: Correio Braziliense

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn