15abr/190

Política: Edimar Pireneus e sua quase “morte” anunciada

O ex+deputado Edimar Pireneus, conhecido no meio político por já ter presidido a Câmara Legislativa e acumulado três mandatos ao longo de sua vida. Vive um dilema da chamada "morte" anunciada.

Ao se declarar pré-candidato a distrital em 2022, o ex-distrital filiado ao MDB, terá que tomar decisões importantes se deseja sonhar em voltar ao poder.

Edimar Pireneus com populares - Google

Pireneus e seus três amigos fiéis

Ao longo de sua carreira política, Edimar Pireneus, construiu relações e ganhou espaço no cenário político do DF.

Vale lembrar que no currículo do ex-distrital destacaram-se três amigos fiéis que hoje estão em lugares bem diferentes. E dentro de uma proporção de números, esses não vão conseguir socorrer o "velho amigo Pireneus" nos momentos dificies.

Joaquim Roriz - Google

O Líder de Pireneus

Conhecido por seguir suas orientações, o principal aliado de Edimar Pireneus durante toda a sua vida política foi o ex- governador Joaquim Roriz, falecido no ano de 2018.


O mais próximo

O ex- administrador Ronan Batista, também está na relação dos três principais amigos de Edimar Pireneus nas horas dificies. Mas dessa vez o ex-distrital não vai conseguir o seu apoio, tendo em vista que o mesmo está recolhido ao presídio da papuda condenado por desvios do dinheiro público (mas essa história será contada um pouco mais na frente).

Tadeu Fillippeli - Google

O terceiro da lista

O terceiro da relação de amizades sinceras de Edimar Pireneus, atende pelo o nome de Tadeu Fillippeli, mas sobre esse terceiro amigo, estaremos falando na sequência da matéria.

Sair das garras de Fillippeli

Considerado  um fiel aliado do cacique e Ex-vice governador Tadeu Fillippeli, Edimar Pireneus está no "mato sem cachorro" para tomar algumas decisões, que se não tomadas, podem levá-lo ao "suicídio político".

Filiado em uma legenda que tem os distritais; Rafael Prudente e Hermeto e os ex- distritais; Paulo Roriz (Secretário do Entorno) e Wellington Luiz (Presidente do Codhab), Edimar Pireneus sofre o abandono de seus aliados de partido e até Ibaneis Rocha faz de conta que não le conhece.

Ao se resumir como simples filiado ao MDB, Edimar Pireneus, terá que fugir das garras de seu aliado de eutrora, Tadeu Fillippeli, mas existe aqueles que declararam ao gbu que o ex-vice governador não iria ficar muito feliz caso Pireneus tomasse essa decisão de abandona-lo;"Filipelli certamente dará o troco. E pelo o que conheço, com ele o jogo é pesado", declarou uma fonte ao blogdogbu.

Ou sai ou morre sozinho

Com a nova regra eleitoral para as eleições de 2022, caso permaneça no MDB, Edimar Pireneus já "nasce morto" para o processo eleitoral que se aproxima.

Afinal, enfrentar a máquina de votos de pelo menos 5 adversários internos que obtiveram acima de 10 mil votos, parece ser uma tarefa indigesta no futuro de Pireneus.

A única solução para Edimar Pireneus será esquecer o passado, agir no presente e apostar no futuro.

As cartas já estão na mesa!

 

Redação

 

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn