29maio/190

PM conhecido como “Véi da 12” é alvo de operação contra grilagem no DF

Sargento da Polícia Militar do Distrito Federal, José Claudio Bonina costuma ostentar uma arma calibre .12 em Ceilândia

Reprodução
Reprodução
O sargento da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) José Claudio Bonina, conhecido como “Véi da 12”, foi alvo de busca e apreensão durante a Operação Hórusna manhã desta quarta-feira (29/05/2019). Policiais civis e promotores do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) foram até a casa do militar para cumprir o mandado expedido pela Auditoria Militar do Distrito Federal. Os investigadores apuram o envolvimento de PMs em grilagem de terras no Setor Habitacional Sol Nascente.
O militar é conhecido por ostentar uma arma calibre .12. Costuma fazer muitas apreensões de drogas e armamento. Nas últimas eleições, ele se candidatou pelo Partido da Mobilização Nacional (PMN) a deputado distrital, mas não foi eleito.
“Hoje é o dia mais triste da minha vida. Estava no curso e recebi a ligação da minha filha. Ela me disse que a Polícia Civil e a PM estavam na minha residência. Sei que isso é politicagem. Eu não sou envolvido com grilagem ou corrupção. A única coisa que faço lá é a entrega de frutas e verduras para a comunidade”, disse o militar, em um vídeo divulgado nas redes sociais. “Sou um homem de fé, mas, nessa hora, meu camarada, tem que chorar. É uma perseguição que eu já estava ciente”, ressaltou.

No total, foram cumpridos sete mandados de prisão preventiva e 15 de busca e apreensão. A operação é um desdobramento de investigação iniciada na 19ª Delegacia de Polícia (P Norte), há oito anos. Ao longo da apuração, foi identificada dentro da organização criminosa um núcleo que atuava como braço armado para cometer crimes relacionados às invasões de terras. Entre os quais,  ameaças e homicídios.

 

Metropoles

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn