28jul/130

Parada do Orgulho LGBT colore Samambaia

Evento chegou a sua segunda edição propondo a defesa do Estado laico 

Parada do Orgulho LGBT colore Samambaia

Agência Brasília

A 2ª Parada do Orgulho LGBT de Samambaia reuniu na tarde de hoje gays, lésbicas, bissexuais, transexuais, travestis, transgêneros e simpatizantes da causa LGBT em uma manifestação pela igualdade e contra o preconceito. 

"Ano passado reunimos 5 mil pessoas. Este ano nosso objetivo é reunir pelo menos o dobro de pessoas, em um ato pela paz, pela alegria, pela diversão, em um ato também político", afirmou Flávio Brébis, organizador do evento. 

O tema da parada deste ano é "Estado Laico e Democrático: a liberdade de ser é a nossa crença". "Representantes de várias paradas do DF se reuniram e decidimos que, devido à conjuntura política, o tema de todas será esse", explicou Brébis. 

APOIO – A 2ª parada de Samambaia recebeu o apoio do GDF e contou com agentes do Detran e PM's, que organizaram o trânsito e fizeram a segurança da manifestação......

"Nós tivemos total apoio da administração. Mantivemos diálogo constante com a administração que nos ajudou no que precisamos, e inclusive sugeriu trajetos melhores para que o evento tivesse mais visibilidade", contou Greycy Campos, presidente da Associação Grupo Livre LGBT, organizadora da parada. 

Este ano a parada saiu do estacionamento ao lado da Feira Permanente e seguiu pela Primeira Avenida Norte. "Recebemos aqui pessoas de todas as cidades do DF e Entorno para uma festa pela luta por direitos", completou Greycy. 

Foi o caso das drag queens Lavínia Blasack e Verônica Strass, moradoras de Ceilândia. "Sempre que posso subo no salto e vou pras paradas de todos os lugares do DF. Mesmo com salto alto aguento até o fim", contou Verônica. 

Ao longo de todo o ano, o Distrito Federal sedia 17 paradas do orgulho LGBT, segundo dados da Associação Grupo Livre LGBT.

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn