3set/190

Olavo tem razão: ‘Bolsonaro comete suicídio por não assegurar o poder’

Por Fred Lima

Deu no Metrópoles:

O guru bolsonarista Olavo de Carvalho afirma que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) não escutou seus conselhos, dados no início do mandato presidencial, e agora comete um “suicídio”. Segundo o escritor, o chefe do Executivo optou por resolver os problemas do país antes de assegurar o poder, o que deveria ser o contrário. “Acorde”, alerta o guru ao presidente.

“No começo da gestão dele, escrevi no Facebook, que quando se é eleito presidente, a primeira coisa que tem que se preocupar é assegurar que tem o poder; resolver os problemas da nação é a segunda etapa. Ele [Bolsonaro] fez o contrário: quer resolver primeiro o problema econômico, o problema administrativo, e cada vez tem menos poder. Isso aí é loucura, é suicídio”, diz em vídeo postado em rede social.

Comento

“Prefiro os que me criticam, porque me corrigem, aos que me elogiam, porque me corrompem”.

Esta frase de Santo Agostinho revela a importância de se ouvir críticas e aprender com elas. Com oito meses de mandato, Bolsonaro tem ouvido poucos auxiliares e tomado algumas decisões precipitadas. Uma delas é inverter a ordem natural das coisas em um governo, virando o país de cabeça para baixo com o objetivo de resolver todos os problemas num piscar de olhos.

O presidente é muito bem-intencionado. Todavia, boas intenções não vão lhe garantir uma gestão eficiente e segura, capaz de transmitir credibilidade nacional e internacional. Não se governa crendo que é invencível e que jamais cairá em desgraça perante a população.

Popularidade se ganha e se perde, agora credibilidade não. Uma vez perdida, nunca mais volta a tê-la.

Da Redação

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn