28nov/200

Maia e Alcolumbre conseguem unir esquerda e direita contra a reeleição

Os dois não desistiram de passar por cima da Constituição para se manterem no poder

Nada estabeleceu consenso entre direita e esquerda, nas redes sociais, como a condenação às manobras de Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre para se reelegerem presidentes da Câmara dos Deputados e do Senado. A ambição da dupla do DEM ignora artigo da Constituição e conseguiu algo inédito em tempos de divisão política: unir bolsonaristas, petistas etc., segundo pesquisa ModalMais/AP Exata entre 23 e 27 de novembro. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

A notícia de que o Supremo Tribunal Federal permitiria a reeleição da dupla causou indignação geral. Virou um dos assuntos da semana.

Sem apoio no Congresso, Maia e Alcolumbre apelou do STF, onde só têm amigos. Mas o artigo 57 da Constituição é claro: veda a reeleição.

O STF ainda vai julgar a ação no dia 4, mas, para criar “clima favorável” às suas pretensões, a dupla espalha que já tem “maioria” dos ministros.

A pesquisa apontou que a tentativa da dupla motivou “acusações de desrespeito pela Constituição e novos pedidos de intervenção militar”. Diário do Poder

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn