30jan/130

Hospital Regional de Planaltina ganha novo Centro Cirúrgico

O setor dobrou de tamanho e conta com sistema completamente informatizado. É o mais moderno da rede pública de Saúde do DF

HOSPITAL PLANTINA

Agência Brasília

As operações de emergência e urgência do Hospital Regional de Planaltina (HRP) já podem ser realizadas no novo Centro Cirúrgico. O setor passou por uma reforma completa e ganhou novos equipamentos. A nova ala foi inaugurada pelo governador do Distrito Federal, Agnelo Queiroz, e pelo secretário de Saúde, Rafael Barbosa. A obra contou com investimentos de R$ 4 milhões.

“O antigo Centro Cirúrgico estava totalmente deteriorado. Apenas uma sala de cirurgia funcionava. Agora temos quatro. Antes, o espaço era apenas de 210m², mas, com a reforma, conseguimos ampliá-lo para 470m², mais que o dobro. Isso permitiu a construção de uma outra sala com cinco leitos para recuperação pós-anestesia”, detalhou o governador Agnelo Queiroz. A nova ala também ganhou equipamentos de ponta, com controle automático e sistema informatizado. “A partir de agora, qualquer alteração é informada em telões de monitoramento e por meio de alerta sonoro. Esse Centro Cirúrgico é  o mais moderno do DF”, garantiu o governador.

A obra começou no dia 20 de março de 2012 e durou cerca de seis meses. Antes, em 2011, a Emergência do hospital também foi completamente reformada. O próximo setor a passar por revitalização será o de Radiologia, já a partir de fevereiro. “Vamos adquirir um tomógrafo para a área e incluir a cidade no mutirão de cirurgias, que, no ano passado, realizou mais de 50 mil operações”, adiantou o secretário de Saúde, Rafael Barbosa.

“Também está prevista, ainda para este ano, a construção de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), em Planaltina”, destacou o secretário de Saúde. A estrutura vai melhorar o atendimento de Saúde na cidade, responsável por uma demanda três vezes superior à da população local. No ano passado, o HRP atendeu 620 mil pessoas – quase quatro vezes o número de habitantes da região administrativa, de 171 mil. Na área de Cirurgia, por exemplo, 60% dos procedimentos são em pacientes vindos do Entorno do DF.

Convocações A ampliação do Centro Cirúrgico de Planaltina integra uma série de ações do GDF para qualificar o atendimento da Saúde no DF. No início deste mês, a rede pública de Saúde do Distrito Federal ganhou reforço de 565 profissionais. Entre as categorias nomeadas estão 63 assistentes sociais, 58 enfermeiros, 10 farmacêuticos para atuar em laboratórios, nove médicos psiquiatras, 10 médicos clínicos, três nutricionistas, 59 psicólogos, 15 técnicos administrativos, 15 motoristas e 29 terapeutas ocupacionais.

Somados aos 522 médicos convocados no início desta semana, desde o primeiro dia da atual gestão, a Secretaria de Saúde chamou aproximadamente 9 mil servidores de todas as especialidades e áreas.

“Com a expansão do serviço, há a necessidade de novas contratações e isso já estamos fazendo. Enfrentamos problemas graves, que ocorriam há anos, e todos os dias estamos construindo e melhorando a situação da Saúde no DF. Mas ainda temos a consciência de que é preciso melhorar muito mais”, concluiu o governador do DF, Agnelo Queiroz. 

Parceria – O Centro Universitário de Brasília (UniCeub) e a Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciência da Saúde (Fepecs) desenvolvem, há 11 anos, parcerias com o GDF nas áreas de Saúde, Educação e Social. O objetivo é colaborar com a melhoria na oferta de serviços públicos e também preparar os alunos para o mercado de trabalho. Atualmente, vários estudantes do UniCeub atuam nos hospitais públicos do DF, nas especialidades de psicologia, nutrição, fisioterapia, biomédicas, entre outras.

Na reforma do HRP, o GDF participou com R$ 1,8 milhão. Os outros R$ 2,2 milhões vieram da Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs), por meio de parceria com o Centro Universitário de Brasília (UniCeub). “Esse união de esforços é muito importante tanto para o aprendizado de nossos alunos quanto para colaborar com o atendimento à população de Planaltina. No próximo semestre, a comunidade vai contar com o apoio dos residentes em todos os hospitais do DF”, explicou o reitor do UniCeub, Getúlio Américo.

Também estiveram presentes na inauguração, o secretário de Administração Pública, Wilmar Lacerda; o diretor da Regional de Saúde de Planaltina, Maurício Crispim; o administrador regional de Planaltina, Nilvan Vasconcellos; os deputados distritais Aylton Gomes, Chico Vigilante, Claudio Abrantes e Dr. Michel.

 

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn