3set/190

Governo investe R$ 20 milhões nas feiras do DF

Com reformas, GDF assumirá contas de água e luz das feiras e vai oferecer linhas de crédito e apoio empresarial para 20 mil feirantes

Lúcio Bernardo Jr/Agência Brasília

O Governo do Distrito Federal (GDF) vai investir R$ 20 milhões em reforma e financiamento nas 38 feiras da cidade. Neste sentido, o governador Ibaneis Rocha (MDB) lançou o programa Feira Legal, na manhã desta terça-feira (03/09/2019), no Palácio do Buriti. No total, a promessa é de beneficiar 20 mil empreendedores populares.

De acordo com emedebista, nenhuma instituição financeira tinha interesse em apoiar as feiras. Por isso, o Banco de Brasília (BRB) vai disponibilizar R$ 10 milhões em linhas de crédito, capacitação e suporte técnico com um aplicativo de administração das contas, enquanto o GDF investirá R$ 10 milhões em manutenção e reformas.

As feiras receberão reformas nos banheiros e na padronização dos boxes. Dentro do pacote, será encaminhado à Câmara Legislativa do DF projeto de lei para o governo arcar com as despesas de energia e água. As feiras passarão a ser espaços públicos. Com o objetivo de ter o controle do gasto, os hidrômetros se tornarão individualizados. Além disso, cada estande também será individualizado.

A gente busca ver nas pessoas o que elas mais precisam. E precisam muito”, argumentou. Mas o emedebista enfatizou que o GDF está trabalhando. “Vai melhorar? Vai. Mas não é da noite para o dia. O DF estava a beira do caos. Já não está mais.

IBANEIS ROCHA, GOVERNADOR DO DF

Financiamento

De acordo com o presidente do BRB, Paulo Henrique Costa, os feirantes receberão taxas diferenciadas. O banco vai disponibilizar um aplicativo aos empreendedores. Também serão oferecidos treinamentos. O banco terá correspondentes em cada feira do DF.

As taxas da antecipação de recebíveis será de 1,3%. Capital de juro passará a ser 0,92%. Para investimentos na compra de equipamentos, o banco vai cobrar 0,92%. No microcrédito, o valor definido foi de 1,85%. Também haverá ofertas de condições diferenciadas aos feirantes. Comerciantes com bom desempenho de vendas contarão com a oportunidade de adquirir máquinas de cartão.

O pacote também inclui grande mutirão para a regularização de todos as feiras. Até março de 2020, todas deverão receber o Wi-Fi Social. Segundo o GDF, o programa começará em 10 feiras. Fazem parte da lista:

Feira Central da Ceilândia
Feira da Guariroba
Feira Permanente do Guará
Feira Modelo de Sobradinho
Feira Permanente do Gama
Feira Permanente do Cruzeiro
Feira Permanente de São Sebastião
Feira Permanente do Núcleo Bandeirante
Feira de Confecções de Planaltina
Feira de Artesanato da Torre de TV do Plano Piloto

METROPOLES

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn