30jan/190

Funaro revela tentáculos de Ricardo Leal em esquema de corrupção no DF

Imagem cedida ao Metrópoles

Segundo o operador financeiro, as fraudes comandadas por Leal estão entre as maiores de que ele já teve conhecimento

Um dos delatores que subsidiou a Operação Circus Maximus, na manhã dessa terça-feira (29/1), Lúcio Bolonha Funaro disse aos investigadores do Ministério Público Federal (MPF) que o Banco de Brasília (BRB) abriga um dos maiores esquemas de corrupção dos quais ele tem conhecimento.
O operador financeiro, acusado de cobrar propina a empresários interessados em conseguir empréstimos do Fundo de Investimento do FGTS, fechou acordo de delação premiada e, no cardápio de autoridades que entregou aos procuradores, está Ricardo Leal, apelidado de Chuck, Criança ou Kid, pela precocidade com que iniciou suas peripécias financeiras.
Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn