Para o deputado federal Filipe Barros, as denúncias feitas pelo jornalista Allan dos Santos, perseguido e exilado pela ditadura da toga, são gravíssimas. Allan dos Santos denunciou tentativa de golpe contra Bolsonaro. Ministros do STF estariam envolvidos em caso de grampo nos telefones do presidente. Jornalista está refugiado nos EUA.

“Se comprovadas, não é caso de impeachment. Trata-se de prisão em flagrante dos envolvidos”, afirmou o parlamentar coberto de razão. O STF passou de todos os limites toleráveis!

Donny Silva