13maio/190

Conselho Tutelar: Edberg Lopes poderá passar para história no pais se virar conselheiro

A briga por uma das cadeiras de Conselheiro Tutelar em Brazlândia, promete ser mais disputada que as eleições para deputado distrital em 2018. A expectativa será de um número de 80 inscritos para a disputa de cinco cadeiras.

O líder do projeto Cadeira Amiga, Edberg Lopes, deverá colocar seu nome a disposição e caso preencha os requisitos exigidos pelo o CDCA, poderá ser eleito e se transformar no primeiro tetraplégico do Brasil a assumir uma cadeira de Conselheiro Tutelar.

Procurado pelo o blogdogbu, o pré- candidato Edberg Lopes acredita que estará nas disputas;" Estarei sentando com um grupo de advogados para tratar da viabilidade de nossa possível candidatura ao Conselho Tutelar. Já tem gente dizendo que pelo o fato de eu ser deficiente eu não posso concorrer. Mas quero mostrar que posso contribuir com minha cidade e que minha deficiência não pode ser um impeditivo para me manter produzindo para a sociedade", salientou Edberg Lopes.

Redação

 

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn