15jun/190

Com um a menos, Brazlândia vence o Cruzeiro fora de casa

Pela quinta rodada do Candangão de Juniores, o Candanguinho, o Brazlândia surpreendeu fora de casa e venceu a equipe do Cruzeiro por 2 x 1. Foi a primeira vitória da equipe, que chegou aos seis pontos na competição e deu aos torcedores esperança de classificação para o mata-mata.

Primeiro tempo truncado

O primeiro tempo começou parelho, muito faltoso e sem grandes emoções. O Cruzeiro tentava tomar a iniciativa do jogo, porém jogava mais na raça do que na técnica. Os passes errados iam tomando conta da partida. A equipes não conseguiam fazer uma jogada trabalhada sequer, baseando o jogo no chutão para a área adversária.

Após a famosa parada técnica para hidratação por conta do sol que pairava sob o Ninho do Carcará, os times resolveram atacar mais, tentaram se impor. O primeiro lance de perigo veio aos 26 minutos do primeiro tempo com uma falta para o Brazlândia que Thiaguinho cobrou e levou muito perigo ao gol do Cruzeiro.

Apesar do lampejo de criatividade, o jogo continuou muito faltoso. Por vezes o juiz tinha dificuldades para acalmar os ânimos dos atletas. Quando o jogo se encaminhava empatado para o intervalo, André fez falta perigosa perto da bandeirinha de escanteio e levou cartão amarelo. Na cobrança, um bate e rebate na área do Brazlândia e a bola sobrou para João Pedro chutar para o gol e abrir o placar para o Cruzeiro.

Nervos à flor da pele

O segundo tempo começou com o Brazlândia indo para cima. Logo aos três minutos chegaram a empatar a partida, mas houve toque de mão e o árbitro Felipe Barbosa anulou o que seria o empate dos visitantes.

O jogo permanecia truncado e faltoso, com os jogadores ainda exaltados. Aos 16 minutos, em um cruzamento para a área do Cruzeiro, o goleiro cometeu falta e o juiz marcou o pênalti para o Brazlândia. Na cobrança, Luquinhas empatou a partida no Ninho do Carcará.

Reação do Brazlândia começou a partir do pênalti convertido por Luquinhas. Foto: Matheus Evaristo/Especial para o DF Sports+

A partir do empate, o Brazlândia foi para cima, tentando jogadas principalmente com Thiaguinho, um dos destaques do time. A virada quase veio aos 30 minutos, quando Dudu driblou dois adversários dentro da área e chutou cruzado.

Aos 36 minutos, em jogada do Cruzeiro, o zagueiro André, que já tinha tomado cartão amarelo no primeiro tempo, foi expulso, deixando o Brazlândia com um a menos. Mas quem achou que o time iria se recuar, se enganou. A equipe visitante foi para cima e, quando o jogo se encaminhava para um empate, em uma bola alçada na área, o zagueiro Lázaro só escorou de cabeça e garantiu a virada em pleno Ninho do Carcará. Final de jogo: Cruzeiro 1×2 Brazlândia.

Foi a primeira vitória da equipe, que chegou aos seis pontos e venceu a primeira no Candanguinho. O Cruzeiro, que estreou goleando por 5×0 e já chegou a liderar o grupo B, perdeu neste sábado (15) após ter levado uma goleada para o Brasília no último jogo, também em casa. Na próxima rodada, o Carcará visita o Samambaense, enquanto o Brazlândia recebe o Ceilandense.

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 1×2 BRAZLÂNDIA

Campeonato Candango de Juniores 2019 – Fase de grupos (quinta rodada)

Estádio Ninho do Carcará – DF– 15/06/2019, às 15h30

Árbitro: Felipe Barbosa

A1: Gilbert Camargo

A2: Matheus Felipe

Quarto árbitro: Jonas Junior

CRUZEIRO

Evandro; Thianry, Junior (13), Magno, Rodrigo; Samuel, Thiago (15), Eloi (17); Tota, Pedro (14) e Pedrinho

Técnico: Marcos Gonçalves

Gol: João Pedro

Cartões amarelos: Rodrigo, Evandro, Magno

Cartão vermelho: não houve

BRAZLÂNDIA

Hayran; Weligton, Lázaro, André, Luquinhas; Bury (Micael), Pinha, Lino (Vítor), Dudu; Thiaguinho e João Pedro

Técnico: Francisco de Assis (Nem)

Gols: Luquinhas (16′ – 2ºT), Lázaro (42′ – 2ºT)

Cartões amarelos: Bury, André

Cartão vermelho: André

Dfsport

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn