19out/180

Câmara mais Barata: projeto começa a tramitar na CLDF

Proposta de iniciativa popular prevê a redução de até R$ 75 milhões em gastos anuais da Câmara Legislativa

Rafaela Felicciano/Metrópoles

Na noite desta quinta-feira (18/10), a Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) realizou sessão solene para a entrega simbólica do Projeto de Lei (PL) n° 2.151/2018, conhecido como Câmara mais Barata. O projeto foi protocolado na Casa na terça-feira (16) e aguarda parecer das comissões de Constituição e Justiça (CCJ) e de Economia, Orçamento e Finanças (Ceof) para ser votado em primeiro turno.

Com o objetivo de economizar até R$ 75 milhões em gastos anuais da CLDF, o PL pretende acabar com as verbas indenizatórias e limitar o orçamento dos gabinetes. O projeto é apenas o terceiro na história da Casa promovido por iniciativa popular. Cerca de 23 mil assinaturas de apoio foram coletadas neste ano.

De acordo com o coordenador do projeto Câmara mais Barata, Guilherme Brandão, a expectativa é de que o PL ainda sofra alterações antes de ser aprovado. “Esperamos que ele seja aperfeiçoado e saia da Câmara melhor do que entrou”, disse.

Ainda segundo Brandão, algumas das despesas da CLDF causaram estranhamento em sua equipe. “Acompanhamos por quatro anos todas as atividades da Casa. Percebemos, por exemplo, que a verba daqui para contratações de [servidores] comissionados era maior do que a da Câmara dos Deputados. Isso é injustificável.”METROPÓLES.

 

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn