12jun/190

Câmara do DF cancela compra de carros oficiais e usa dinheiro em medicamentos

A Mesa Diretora da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) cancelou a compra de carros oficiais, depois de inúmeras críticas feitas pelo colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder, e decidiu destinar os recursos para compra de medicamentos para o Instituto Hospital de Base.

Os veículos atuais, que se encontram a serviço da Mesa Diretora, serão leiloados e o valor arrecadado também será destinado à saúde do Distrito Federal.

O presidente da Câmara, Rafael Prudente (MDB), explica que os deslocamentos necessários para as atividades da Casa passarão a ser custeados por meio da verba indenizatória que cada deputado tem direito ou pelo uso de veículo de propriedade dos parlamentares.

O Pregão Eletrônico previa a compra de cinco sedans pretos com capacidade para cinco passageiros. Os veículos deveriam ter no mínimo, 140cv de potência, ar-condicionado automático digital, central multimídia e rodas de liga leve de 17, entre outros mimos (confira os requisitos abaixo).

Por meio de nota, a CLDF alegou que desistiu da licitação no valor de R$ 449,5 mil “atendendo aos anseios da população do Distrito Federal”.

 

Diariodopoder

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn