27jan/130

Ao contrário de Lula, que não aparecia em tragédias, Dilma visitou as vítimas

Foto

Foto A presidenta Dilma  visitou o Hospital Caridade, onde estão internadas algumas das vítimas do incêndio que matou 232 pessoas em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, após interromper sua participação em encontro de chefes de governo no Chile. Durante seus dois governos, o ex-presidente Lula se manteve afastado de grandes tragédias, naturais ou não.

Ele jamais visitou o local onde caiu o Airbus A320 da TAM em julho de 2007, quando morreram 187 passageiros e tripulantes do vôo JJ 3054 e mais doze que se encontravam no solo. O avião partira de Porto Alegre com destino ao aeroporto de Congonhas, São Paulo, onde se deu o acidente.

Lula somente receberia os familiares das vítimas mais de um ano após a tragédia. O então presidente também não visitou as áreas atingidas pelas enchentes em Santa Catarina, em novembro de 2008, quando morreram mais de cem pessoas, senão duas semanas depois da tragédia, sob verdadeiro clamor nacional, e mesmo assim por meio de sobrevoo de helicóptero.

Ele tampouco interrompeu suas férias de início de ano, na base naval de Aratu (BA), na virada do ano, em 1º de janeiro de 2010, enquanto a população do Estado do Rio de Janeiro chorava dezenas de mortos em deslizamentos. Ao contrário: ele se deixou fotografar carregando um isopor co bebidas, a caminho da praia, na base naval.

Neste domingo, Lula e sua miulher, Marisa, como sempre o fizeram quando era presidente e ela a primeira-dama, divulgaram nota de solidariedade aos familiares das vítimas em Santa Maria.

Além de visitar os locais de socorro aos sobreviventes, Dilma também esteve no ginásio de esportes da cidade, onde as famílias fazem o reconhecimento dos corpos, e conversou com algumas delas.

fonte: blogdoclaudiohumberto

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn