16jan/210

Amazonas: Governador foi cobrado sobre o que foi feito com os R$ 8 bilhões e 50 toneladas de equipamentos

Wilson Lima se preocupou demais com o cargo e ignorou covid

Alvo de três operações da Polícia Federal (PF) e Controladoria-Geral da União (CGU), o governador do Amazonas, Wilson Lima, é acusado de ter se preocupado demais com a manutenção do cargo e ignorou a covid-19 que tem desolado o Estado. O deputado José Medeiros (Rep-MT) cobrou do governador o que foi feito com os R$ 2,8 bilhões entre transferências e gastos diretos do governo federal apenas para a capital Manaus. “Nem oxigênio compraram, não aumentaram leitos”, disse o parlamentar. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Apesar de recentes providências, incluindo o toque de recolher entre 19h e 6h, o governador do Amazonas tem sido responsabilizado pelo caos.

Além da forte oposição da Assembleia Legislativa, o governador Wilson Lima é alvo de investigação de corrupção pela Polícia Federal.

Bolsonaro diz ter feito sua parte: transferiu R$8 bilhões, 50 toneladas de materiais para montar hospital de campanha e leva cilindros de oxigênio.
Diário do poder
Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn