Por unanimidade, o plenário aprovou a indicação do deputado Dr. Michel (PP) para vaga de conselheiro do Tribunal de Contas do Distrito Federal. O cargo está vago desde o dia 10, quando Domingos Lamoglia renunciou ao posto.

Dr. Michel, após o anúncio do resultado pela presidente Celina Leão (PDT), no início da noite desta quarta-feira (25), disse que assume o novo cargo como uma “missão”. Celina elogiou a atuação parlamentar e a trajetória política de Dr. Michel, que retribuiu destacando que deixará não colegas, mas “amigos” na Câmara Legislativa.

Durante a declaração de voto, o deputado Chico Leite (PT) pediu apoio dos pares ao Movimento Conselheiro Cidadão, que propõe mudanças no processo de escolha dos conselheiros de tribunais no país. A realização de concurso público para a ocupação do cargo está entre as alterações sugeridas pelo movimento, segundo Leite. O deputado Joe Valle (PDT) também declarou seu apoio às mudanças, entre elas a possibilidade de qualquer cidadão participar da lista de nomes para concorrer à vaga de conselheiro. Wasny de Roure (PT) ratificou a importância de novos procedimentos no processo.

Ao deixar o mandato parlamentar para ocupar a nova função, Dr. Michel abre uma vaga na Câmara Legislativa. Nos próximos dias, a Câmara convocará o primeiro suplente da coligação que reuniu PT e PP nas últimas eleições, o ex-distrital Cláudio Abrantes (PT) para ocupar esta vaga.

Comissões – Antes da apreciação em Plenário do nome do deputado Dr. Michel (PP) para a vaga de conselheiro do TCDF, a indicação foi analisada pelas Comissões de Constituição e Justiça (CCJ) e de Economia, Orçamento e Finanças (CEOF) e aprovada por unanimidade. A CCJ aprovou a admissibilidade da indicação e o preenchimento dos requisitos legais.