9fev/160

Politica: Filippelli sozinho

Tadeu-Filipelli_ACRIMA20110410_0086_18

Divulgação

A promulgação da "janela partidária" que dará aos atuais parlamentares a liberdade de trocarem de legendas sem nenhum prejuízo político, deixará no DF cicatrizes irreparáveis.

No PMDB, a situação ficará complicadíssima para o cacique da legenda no DF, Tadeu Filippelli, que tende a perder todos os atuais detentores de mandato da sigla no parlamento distrital.

O único que ainda não declarou de forma clara a pré- disposição em abandonar o barco peemedebista foi Wellington Luiz, mas com a possível saída de Robério Negreiros e Rafael Prudente, não restará outro caminho para o policial civil que não seja apagar as luzes e ir embora também.

 

Fonte: Redação

8fev/160

Denúncias sobre sítio e triplex ajudam a desconstruir mito Lula

No baralho do PT, o ex-presidenteLuiz Inácio Lula da Silva é o ás, o rei e o valete. Quadro mais importante da legenda, puxador de votos e formador de sucessores no Planalto, o petista foi jogado nas últimas semanas no meio de um turbilhão das operações Lava Jato e Zelotes, que ameaçam torná-lo carta fora da disputa de 2018. Um sítio de amigos e um tríplex de luxo reformados por empreiteiras investigadas por participação no caso de corrupção da Petrobras colocaram o mito de Lula novamente em uma posição desfavorável. Vale lembrar que não é a primeira vez que o petista tem sua popularidade arranhada por escândalos no partido: apesar de sofrer desgaste durante o mensalão, o ex-presidente escapou quase ileso do episódio, e foi reeleito em 2006.

8fev/160

DENGUE FAZ MAIS UMA VÍTIMA EM BRAZLÂNDIA

BRAZLÂNDIA É A CIDADE COM MAIOR NÚMERO DE CASOS DE DENGUE

FOI IDENTIFICADA A INFECÇÃO PELO AEDES AEGYPTI E RECOMENDADA A INTERNAÇÃO NA UTI

fonte: blogdoclaudiohumberto

8fev/160

DELAÇÃO DA ANDRADE COMPROMETE LULA E DILMA

DELAÇÃO DE OTÁVIO MARQUES DE AZEVEDO DEVE ATINGIR DILMA E LULA

OTÁVIO MARQUES DE AZEVEDO ERA PRESIDENTE DA PODEROSA ANDRADE GUTIERREZ, E SUA DELAÇÃO PROMETE SER BOMBÁSTICA.

fonte: Diáriodopoder

8fev/160

Politica: Brazlândia vira noticiário a nivel nacional

Cidade tem aumento de 6.000% em casos de dengue e Juarezão insiste em manter  administrador 

imagem: facebook

imagem: facebook

O Bom Dia Brasil, noticiário da Rede Globo, resolveu visitar a cidade de Brazlândia e mostrar segundo eles a super epidemia que assola a região.

O blogdogbu vinha mostrando dia à dia o lixo que tomava conta das ruas da cidade e a falta de iniciativa do administrador da região em tomar providências.

O resultado não podia ser outro, a cidade se tornou a de maior número de casos de dengue de toda a região Centro -Oeste.

Segundo levantamentos oficias do GDF, Brazlândia já está próximo de alcançar um aumento de 6.000% em números de casos de dengue a comparar com o ano anterior.

Na edição do Bom Dia Brasil dessa segunda-feira (8), foi apresentado o criatório oficial da região de mosquitos Aedes, nada mais nada menos que o Balneário Veredinha, espaço público da região.

Enquanto a cidade sofre um colapso de dengue, o representante político da região (amigo da saúde?), insiste em manter um administrador que os números da dengue na cidade já mostraram sua incompetência.

Acorda Juarezão!!!! 

 

Fonte: Redação

7fev/160

Politica: hostilidade em momento errado

DIVULGAÇÃO

DIVULGAÇÃO

O meio político ficou sem entender a hostilidade desnecessária e em momento errado que alguns membros da segurança pública praticaram com a presença do Governador Rodrigo Rollemberg, no enterro CBPM, Renato Fernandes, morto vítima de um acidente na BR 070.

Uma parcela da corporação acredita que são atitudes como essas que acabam criando um clima de mal estar entre a categoria e o chefe do executivo; " Não podemos aceitar isso como um comportamento da maioria. Foram casos isolados e respeitamos o ponto de vista de todos. Embora sabemos que aquele momento era de dor e não de manifestações politicas", declarou um PM ao gbu pedindo anonimato.

 

Fonte: Redação

7fev/160

Politica: Rollemberg quer 16 fieis no legislativo

divulgação

divulgação

O retorno das atividades legislativas será marcado com as investidas de forma mais intensa por parte do chefe do executivo com vista a construção de uma base mais sólida ao palácio do buriti.

Aliados de primeira hora de Rollemberg declararam ao blogdogbu que a proposta será obter uma grupo de 16 parlamentares alinhados e afiados com o discurso do executivo pelos os próximos três anos.

O distrital Agaciel Maia terá papel fundamental para o chefe do executivo, pois os bastidores acreditam que o escalado para arregimentar esse número será mesmo Maia.

Quem acredita que Rollemberg buscará uma ruptura politica com a comandante do legislativo,  sairá derrotado na aposta, acreditam os palacianos.

fonte: Redação

6fev/160

Politica: Juarezão é pressionado a demitir administrador

Facebook

Facebook

O grupo ligado ao distrital Juarezão anda fazendo cara feia para a permanência do administrador de Brazlândia, André Queiroz.

Segundo apurou o blogdogbu a maioria do grupo do parlamentar deseja que seja realizada mudanças no comando da cidade, pois a gestão de Queiroz foi marcada pela a sujeira na cidade e os números recordes de dengue na região.

O distrital declarou a aliados que precisa de um nome de consenso para realizar a troca. Pois a saida de André Queiroz já foi decidida. Então vamos esperar!

fonte: Redação

6fev/160

Celina Leão é recebida na Womens Government e prevê encontro no DF

celinaUSA

 

O trabalho da mulher legisladora ganha cada vez mais espaço no Brasil e no mundo, e em especial nos Estados Unidos (EUA). O fato pode ser comprovado durante visita da deputada Celina Leão, presidente da CLDF, à Womens Government, entidade que reúne todas as parlamentares estaduais dos EUA, em Washington DC.

A entidade foi criada em 1988, com sede em Washington. Sem fins lucrativos, é apartidária e promove oportunidades de liderança e rede de fóruns especializados, além de recursos educacionais para enfrentar e resolver complexas questões de política pública à população.

De acordo com a assessoria da Women Government, o trabalho dessas mulheres no governo tem conduzido a nação a ter uma visão ousada, corajosa e apaixonada que capacita e mobiliza todas as mulheres legisladoras, de forma que se preparem para atuar na política com voz ativa. Por meio do apoio de seus patrocinadores, incluindo empresas, fundações e subvenções federais e estaduais, as mulheres no governo fornecem aos membros bolsas de estudos legislativos completos.

Com o benefício, oferecem aos participantes da conferência, informações completas sobre questões básicas com as quais os políticos possam compartilhar as melhores práticas e desenvolvimento de soluções.

O Conselho do Governo diretor é composto por 15 mulheres legisladoras estaduais, que ajudam a recrutar novos membros e a prestar apoio à organização. O Conselho é constituído por Democratas e Republicanos, refletindo nas mulheres um sentido não partidário do governo.

Celina Leão se empolgou com o trabalho da entidade. “É importante que as mulheres legisladoras se unam em prol de projetos comuns e de ideais compartilhados”, definiu a parlamentar em encontro com Pam Goin e sua assessoria. “Pretendo realizar um encontro, em Brasília, com as nossas legisladoras estaduais e convidar a organização norte-americana para uma troca de experiências na área política e da defesa dos direitos humanos das mulheres e das meninas”, ressaltou Celina após o encontro.

fonte: blogdodonny

6fev/160

Politica: 40% mudarão de partidos na CLDF

liliane-roriz-veja

Liliane Roriz de malas prontas para o PTB

A promulgação da lei que abre a janela para o troca - troca partidário será publicada depois do carnaval e muitas mudanças tendem a acontecer nos 28 dias de prazo para os atuais parlamentares que desejam mudar de direção.

A proposta será promulgada no dia 18 de fevereiro, em sessão conjunta do Congresso Nacional. De acordo o texto ( PEC 182/07), os atuais detentores de mandato eletivos terão a liberdade de mudar de partido sem nenhum prejuizo eleitoral e o prazo será até o dia 18 de março de 2016.

Na Câmara Legislativa as mudanças serão significativas e de acordo levantou o blogdogbu pelo menos 40% dos atuais parlamentares tendem a mudar de legenda e seguir outros caminhos.

Entre os que seguirão o caminho da mudanças podemos citar; Liliane Roriz, Juarezão, Cristiano Araújo, Robério Negreiros, Luzia de Paula dentre outros.

fonte: Redação

6fev/160

Entidade global quer o DF entre seus estados-membros

 

“Proveitosa”. Foi assim que a deputada Celina Leão, presidente da CLDF, definiu a viagem de trabalho, que está realizando nos Estados Unidos, a convite do governo americano, visitando e conhecendo diversas entidades, durante esta semana. “Temos muito o que oferecer à população do DF, mas ao conhecer iniciativas estrangeiras, especialmente que atendem à área social, temos a oportunidade de nos atualizar e aprender com exemplos que estão dando certo”, comentou a presidente da CLDF elogiando as inovações apresentadas.

Estive em reunião com Leopoldo Martinez, representante da Israel Allies Foundation, para a América Latina, instituição pioneira, que se dedica à promoção da comunicação e informação entre legisladores do mundo. O objetivo é o de construir um caminho que ligue o governo de Israel a líderes cristãos de várias partes do mundo. O encontro foi muito produtivo. Leopoldo irá visitar a CLDF em maio deste ano.

Ainda em Washington, Celina visitou a Federação Global dos Conselhos de Competitividade, onde teve encontro com o diretor executivo Roberto Alvarez. “Tive oportunidade de conhecer a entidade que conta com 27 países-membros e que tem interesse que Brasília, pelo Brasil, integre o grupo. Eles trabalham em parceria: governo e área privada. O trabalho é interessante. Agora estão montando um banco de dados para comparar as cidades, o que gera competitividade”, exemplificou a deputada.

E foi no congresso americano de Competitividade que o CAUCUS (sistema de eleger delegados em dois estados na fase das eleições primárias) que a entidade manifestou interesse em receber Brasília (DF) entre os seus membros.

Entre as ações mais recentes do conselho está a criação de um fórum internacional de reitores e de institutos de pesquisa, uma academia global de competitividade onde reúnem lideranças que tenham interesse em transformação social e ainda a Academia forma lideranças por meio de workshops que envolvem empreendedores do mundo todo. “Eles fazem workshops em cada país-membro. Eles têm parceiros internacionais que dão suporte financeiro para esses eventos e outros locais que oferecem infraestrutura para os workshops acontecerem”, cita a presidente da CLDF. Ela explica, ainda, que a federação busca juntar a eles pessoas que estão fazendo as coisas acontecer. “A federação trabalha com membros que não só estudam, mas transformam a realidade”, atesta Celina Leão.

Após o encontro, a presidente da CLDF se comprometeu a realizar uma reunião com empresários brasilienses para que Roberto Alvarez possa explicar as atividades da federação e apresentar exemplos de sucesso em todo o mundo. “A competitividade gera emprego e renda. Qual é a grande indústria que vai se instalar onde quer que seja, se não tiver um espaço adequado, com pessoas capacitadas?”, reflete Celina. Ela enfatiza que prevê, na volta à Brasília, conduzir uma reunião com empresários e convidar a Fibra e a Lide. “Se for de interesse dos empresários, do governo e de Brasília, poderemos levar especialistas de várias partes do mundo para apresentar as experiências de sucesso”.

Durante visita ao Departamento de Serviços Legislativos de Maryland (The Maryland State House), na cidade de Annapolis, fui recebida pelo presidente da Assembleia Geral de Maryland (The Maryland General Assembly), Thomas Mike Jr. Ainda estive reunida com Mary Nitsch, diretora de relações internacionais da Casa e o secretário geral Bobby Zirkin. O trabalho realizado é o de transformar o Estado, em função amigável, para recepção de empresas. “Por isso procuram atrair iniciativas de empresas multinacionais. O estado é pequeno, mas muito rico. Tem seis milhões de habitantes”, resumiu Celina, comparando a proporção da área do Estado com o resultado do trabalho que levou o Estado à riqueza.

De olho na juventude

A deputada destacou a importância da juventude estar integrada ao processo legislativo, por meio de incentivo a conhecer o processo, tornando-o atrativo. “Tive a oportunidade de estar em um encontro com esses jovens, estudantes do Ensino Médio, participantes do programa, que tem como coordenadora Patrícia Harrisson, que visa aproximar o jovem do Legislativo”, ressaltou Celina, completando que eles vêm de várias partes do estado e recebem o apoio para ficar em uma casa de família. “E recebem uma pequena bolsa. Excelente iniciativa! ”.

Para a presidente da CLDF a visita à Assembleia de Maryland foi uma aula que relembrou fatos da história americana. “Estive na sala ‘Senate Commitee Room’, uma réplica da real, datada de 1783. Passei pela estátua de George Washington, representando o momento de sua renúncia”.

Empenho da primeira-dama americana

Quando Celina esteve com Krista Rigal, diretora do programa Let Girls Learn, que atende meninas que deixam a escola antes de terminar o ciclo escolar – cuja ação a deputada quer lançar programa-piloto na CLDF –, teve oportunidade de ouvir também sobre as ações da primeira-dama Michelle Obama, que tem realizado um trabalho muito importante junto às mulheres e meninas. “O Projeto Let Girls Learn é um desses programas”, avisou Krista, explicando o envolvimento da primeira-dama em ações sociais.

Outro assunto abordado no encontro, foi sobre a NBA, liga nacional de basquetebol que não conta com segmento feminino somente masculino.

Além disso, foi demonstrada a importância do turismo cívico. A equipe contou que estudantes de todos os 50 estados norte-americanos visitam regularmente Washington incentivados pelo Estado.  “Milhares de estudantes vêm a Washington anualmente. O programa oportuniza ao cidadão conhecer o funcionamento do congresso e como o Estado gasta os recursos oriundos dos impostos. A reunião foi excelente! ”.

Tecnologia da informação

A área de tecnologia da informação também foi contemplada. Celina Leão esteve no Departamento de Tecnologia da Informação de Maryland, onde teve encontro com Barney Krucoff, do Escritório de Informações Geográficas, e Luis Luna, diretor do escritório governamental de Aperfeiçoamento da Performance. “O encontro não poderia ser melhor. Além de conhecer as ações sobre a área tecnológica, fui contemplada com um botom da cidade de Maryland. Também estive na Capitol Strategies, LLC, com Sushant Sidh. Foi uma honra participar desta reunião”, finalizou Celina, encerrando o segundo dia de atividades no estado norte-americano.

fonte: blogdoprofessorchico

6fev/160

Executivos da Andrade Gutierrez assinam delação e vem chumbo grosso

Muita coisa pode acontecer depois do Carnaval no âmbito das investigações da Operação Lava Jato. É que depois  de firmar acordo de delação premiada os executivos da Andrade Gutierrez passarão o Carnaval fora da cadeia (prisão domiciliar). Otávio Marques Azevedo, presidente afastado da empreiteira, e Elton Negrão foram soltos nesta sexta-feira. Em decorrência do acordo, já assinado pela Procuradoria-Geral da República, mas ainda não homologado pelo Supremo Tribunal Federal, o juiz federal Sergio Moro, responsável pelas ações decorrentes da Lava Jato em Curitiba, paralisou nesta tarde o processo contra os executivos alegando o surgimento de “fato relevante superveniente”. Os dois ficarão agora em prisão domiciliar, e deverão usar tornozeleira eletrônica.

Segundo revelou a revista Vejanos chamados “anexos” da delação premiada, que resumem os tópicos principais da colaboração, Otávio Azevedo afirmou que a pressão por dinheiro, em pleno ano eleitoral de 2014, partiu do então tesoureiro da campanha petista, Edinho Silva, hoje ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República, e de Giles Azevedo, ex-chefe de gabinete e atual assessor especial de Dilma Rousseff. A mensagem, segundo o executivo, era clara: se a Andrade Gutierrez não se engajasse mais efetivamente na campanha petista, seus negócios com o governo federal e com as empresas estatais estariam em risco em caso de vitória de Dilma. Em outras palavras, o executivo, preso em junho do ano passado pela Operação Lava-Jato, relatou o que entendeu como um achaque.

A pressão do alto comando da campanha de Dilma Rousseff sobre a Andrade Gutierrez tinha uma explicação. Os petistas reclamavam que a empreiteira, embora fosse detentora de grandes contratos no governo e em estatais, vinha apoiando a candidatura do tucano Aécio Neves. A queixa se transformou em ameaça. A Andrade acabou abrindo os cofres. De agosto a outubro, a empreiteira doou oficialmente 20 milhões de reais ao comitê de Dilma. A primeira contribuição, de 10 milhões de reais, se deu nove dias após Edinho Silva visitar Otávio Azevedo na sede da empreiteira – àquela altura, a Andrade já havia repassado mais de 5 milhões à campanha de Aécio e não tinha doado ainda um centavo sequer ao comitê petista.

Nas investigações da Lava-Jato, não é a primeira vez que Edinho Silva é acusado de pressionar empreiteiras a dar dinheiro para a campanha. Alvo de um inquérito aberto no Supremo Tribunal Federal, ele já havia aparecido nesse mesmo papel na delação premiada de Ricardo Pessoa, dono da UTC. Até aqui, a menção a Giles Azevedo é tida como um dos pontos mais sensíveis da delação, justamente por seu potencial de dano à presidente da República. De todos os auxiliares de Dilma Rousseff, ele é o mais próximo da presidente. É dos poucos autorizados, no governo e fora dele, a falar em nome da petista.

Lula - Azevedo decidiu ainda narrar aos investigadores segredos envolvendo o ex-presidente Lula, conforme reportagem de VEJA. Ele planeja dizer que a antiga Telemar, que foi rebatizada de Oi, comprou cerca de 30% da Gamecorp, por 5 milhões de reais, em 2005, a pedido de Lula. Naquela época, o presidente sabia que o banqueiro Daniel Dantas apresentara uma oferta para se tornar sócio da Gamecorp. Como queria Dantas longe de seu filho e de seu governo, o petista, segundo Azevedo, pediu aos donos da Telemar/Oi, entre eles a Andrade Gutierrez, que apresentassem uma oferta agressiva de compra dos papéis da empresa de seu primogênito. Assim foi feito. Três anos depois dessa transação, o governo Lula mudou a legislação para permitir que a Telemar/Oi se fundisse com a Brasil Telecom, sob o pretexto de criar um gigante brasileiro no setor de telecomunicações. Azevedo confidenciou a advogados e executivos que, após essa segunda transação, viabilizada graças à mudança da legislação feita sob medida por Lula, sócios da Gamecorp e integrantes do governo começaram a exigir mais ajuda financeira da Andrade Gutierrez. Pressionada, a empreiteira, por meio da Oi, passou a contratar periodicamente serviços da própria Gamecorp. Serviços que, conforme Azevedo, não eram necessários.

Assim, estabeleceu-se um canal permanente de repasse de dinheiro para Fábio Luís e seus sócios – entre eles, Fernando Bittar e Jonas Suassuna, proprietários formais do sítio em Atibaia que é usado como refúgio por Lula e que, tal qual o tríplex no Guarujá, teve parte de sua reforma paga pela OAS. A assessoria de imprensa da Oi confirmou que a empresa contrata regularmente serviços da Gamecorp, mas se recusou a fornecer os valores dos contratos. Na campanha presidencial de 2014, integrantes da chapa de Dilma Rousseff chegaram a reclamar dos desembolsos da Andrade Gutierrez, acusando Azevedo de ser um tucano enrustido. Ele desabafou com um amigo: “O PT não pode reclamar depois de tudo o que fiz por eles”. Azevedo disse que a pressão partia do ministro Edinho Silva, então tesoureiro da campanha à reeleição, e de Giles Azevedo, ex-­chefe de gabinete e atual assessor especial da presidente. Como se sabe, a parceria com a empreiteira transformou Fábio Luís, outrora um monitor de zoológico, num empresário de sucesso. Informações da Veja.

6fev/160

Ex de morto achado carbonizado em carro no DF assume crime, diz polícia

Ela teria alegado interesse em ficar com seguro de vida e muitas brigas.Namorado dela também assumiu; preso, filho não confessou envolvimento.

 Raquel MoraisDo G1 DF
Carro carbonizado em Samambaia Norte, no DF, onde corpo foi encontrado em porta-malas  (Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Carro carbonizado em Samambaia Norte, no DF, onde corpo foi encontrado em porta-malas(Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

A ex-mulher do analista de empréstimo da Poupex achado morto carbonizado no porta-malas de um carro no Distrito Federal voltou a prestar depoimento nesta sexta-feira (5) e confessou, junto com o namorado, ter cometido o crime, segundo a Polícia Civil. Ela teria alegado interesse em ficar com o seguro de vida da vítima. Além disso, contou que havia muita briga entre eles.

O assassinato aconteceu no dia 13 de janeiro. O filho, a ex e o namorado da ex foram presosnesta quinta. O filho não confessou envolvimento com a morte de James de Castro Henriques, de 46 anos. O grupo vai ficar preso por 30 dias, renováveis por mais 30.

Desde o crime a polícia suspeitava que a família da vítima tivesse algum envolvimento com o assassinato. Segundo a corporação, a ex-mulher da vítima é usuária de cocaína e tem sete passagens por furto e estelionato. A polícia também informou que o namorado da ex-mulher tem passagem por roubo.

A Polícia Civil afirmou que a ex-mulher esperava receber R$ 400 mil com seguro de vida e previdência privada. De acordo com o delegado José Eduardo Galvão, ela estava presente na cena do homicídio. "A gente recebeu informação da operadora de telefonia de que na hora do crime o celular dela estava em Samambaia", afirmou.

O delegado diz que o filho do analista mandou mensagens pelo celular para o pai e o atraiu até Ceilândia, onde mora com a mãe. Ele teria sido morto ainda no local, colocado no porta-malas e só depois foi levado até Samambaia. A polícia ainda aguarda o laudo da perícia para ter mais detalhes de como ocorreu o crime.

"Uma testemunha afirmou que viu o namorado da ex-mulher dirigindo o carro da vitima no dia do crime", disse o delegado ao G1. O carro da vítima foi abandonado na QR 615, na última quarta-feira (13).

Morador de Águas Claras, o analista terminou o relacionamento com ela após uma briga que foi parar na delegacia, há cerca de cinco meses. “O casal chegou a ter uma discussão porque ele chegou bêbado em casa, xingou a mulher e acabou brigando com o filho. Então ele foi preso, pagou R$ 2 mil de fiança e foi solto”, disse Galvão.

“A mulher pediu afastamento dele. Não podia nem voltar para casa.” O homem teria se mudado de Ceilândia para Águas Claras após o episódio.

No dia seguinte ao crime, a Polícia Civil ouviu depoimentos da ex-mulher e do filho, da atual namorada e de amigos de Henriques. Ele tinha saído do trabalho, no Setor Militar Urbano, por volta das 14h de terça. Cerca de uma hora depois ele fez o último contato, por mensagem, com o filho. Segundo a polícia, não houve relato de qualquer situação de perigo.

Os celulares da ex-mulher, de 43 anos, e do filho, de 18 anos, tinham sido confiscados. O namorado da ex-mulher tem 28 anos.

A polícia também pediu acesso à movimentação das contas do ex-funcionário da Poupex. “Fizemos também o pedido para os bancos mandarem se foi feito algum saque na conta dele. Se não for feito, já poderíamos descartar que houve roubo com restrição.” Procurada, a Poupex não informou o valor do seguro de vida a que família teria direito.

6fev/160

Carnaval de rua do DF começa oficialmente neste sábado; veja

Segurança terá 7,2 mil PMs; expectativa é receber 1 milhão de pessoas.Confira marchinhas de blocos como Pacotão, Galinho e Babydoll de Nylon

 Do G1 DF
Foliões acompanham bloco do Pacotão durante o carnaval 2015 (Foto: Vianey Bentes/TV Globo)

Foliões acompanham bloco do Pacotão durante o carnaval 2015 (Foto: Vianey Bentes/TV Globo)

O Carnaval do Distrito Federal começa oficialmente neste sábado (6) com os desfiles de blocos de rua tradicionais. A folia teve início no dia 15, quando os primeiros blocos começaram a se reunir. A programação se estende até o dia 27 de fevereiro. A expectativa dos organizadores é receber 1 milhão de pessoas durante esse período.

Sem desfile de escolas de sambas e investimento do GDF na área artística, o Carnaval na capital tem como atração principal, pelo segundo ano consecutivo, os blocos de rua.

São cerca de 50 agremiações, que iniciaram a participação no último dia 15. Segundo o GDF,Brasília deve receber 80 eventos carnavalescos.

O GDF vai empregar 7,2 mil policiais militares, 500 policiais civis e 452 homens do Corpo de Bombeiros no monitoramento do Carnaval. O reforço foi informado nesta sexta (5) pela Secretaria de Segurança Pública.

Os blocos inscritos pelo GDF foram autorizados a ultrapassar os limites da Lei do Silêncio, mas a tolerância não vai valer para as festas privadas.

A secretária de Segurança, Márcia de Alencar, afirmou que o GDF vai concentrar esforços no Centro Integrado de Comando e Controle Regional (CICCR), que foi usado na Copa do Mundo. O espaço vai reunir lideranças de 23 órgãos de governo, que terão autonomia para tomar decisões na hora.

Confira abaixo a programação completa e as letras das marchinhas dos blocos de rua que irão desfilar durante o Carnaval.

O tradicional bloco de Carnaval Pacotão, desfila nos dia 7 e 9 de fevereiro, e traz a marchinha “Suruba no Alto escalão” do cantor e compositor Paulo Roberto Miranda. A música faz críticas ao vice-presidetne Michel Temer e o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha:

"Mixéu Mixê é aprendiz de Judas.
Parece até que é michê do Conha.
O infiel quer “impichar” a titular.
Mixéu e Conha são dois sem vergonhas.
O infiel faz troca-troca e barganha.
Tá uma suruba no país medonha.
Mas Charles Preto comanda o Pacotão.
Essa suruba cheira a golpe de piranha!
Nessa suruba tem michê e tem ladrão!
Nessa suruba de michê eu não vou não!"

O bloco Babydoll de Nylon desfila no sábado (6), com a tradicional marchinha de Robertinho Recife:

"Babydoll de nylon combina com você.
Babydoll de nylon combina com você.
Pode até ir pro baile ou aparecer na tv.
Pode até ir pro baile ou aparecer na tv.
Feliz quem pode ver.
Feliz quem pode ver.
Para a visão, o tato, o contato e o prazer.
O teu corpo mulato nesse transparecer.
Além de todo o nylon.
Você.
Você.
Você."

O bloco Agoniza, mas não morre! desfila no domingo (7), e traz a compisição de Antônio Carlos e Rogê Nascimento:

"Estava saindo de um beijo da colombina, aquela que eu entreguei a minha vida (laiá laiá).
Estava saindo de um beijo da colombina, aquela que eu entreguei a minha vida (laiá laiá).
Agoniza, mas não morre! Agoniza, mas não morre! A minha fantasia rasgada com confete e serpentina.
E aquela que eu amava me deixou esperando na esquina Com máscaras, perfume!
E o gosto da sua boca na minha vida (laiá laiá).
Agoniza, mas não morre!
Agoniza, mas não morre!”

Criado em 2014, o bloco Essa boquinha eu já beijei, traz a marchinha com composição das integrantes do grupo:

"Vem cá, vem cá meu bem.
Vem cá no meio do povo!
Eu sei que essa boquinha eu já beijei, é carnaval eu vou beijar de novo.
E no balaio foi que eu vi que essa boquinha eu já beijei.
Olha pro lado e diz: vou beijar mais uma vez!"

Foliões participam do bloco Babydoll de Nylon, em Brasília (Foto: Filipe Matoso/G1)

Foliões participam do bloco Babydoll de Nylon, em Brasília (Foto: Filipe Matoso/G1)

Confira a programação dos blocos

Carnaval de rua da praça dos prazeres
Data: 5, 6, 7, 8, 9, 12, 13 e 14 de fevereiro.
Local: comercial da 201/202 da Asa Norte.
Horário: 12h.

Lordes do Areal
Data: 6 e 8 de fevereiro.
Local: quadra 301, Alameda Gravatá, rua B, em Águas Claras.    Horário: 15h.

Carnaval da Estrutural
Data: 6 e 7 de fevereiro.
Local: Praça Central da Avenida Luís Estevão.
Horário: sábado às 8h e domingo às 15h.

Bloco de Carnaval Engenhoca
Data: 5, 7, 8 e 9 de fevereiro.
Local: Eixão Sul, altura da quadra 206.
Horário: 14h.

Babydoll de Nylon
Data: 6 de fevereiro.
Local: Eixo Monumental, próximo ao memorial JK.
Horário: 12h.

Foliões durante desfile do Pacotão no carnaval 2015 (Foto: Lucas Nanini/G1)

Foliões durante desfile do Pacotão no carnaval 2015 (Foto: Lucas Nanini/G1)

Concentra mas não sai
Data: 6 e 8 de fevereiro.
Local: comercial da quadra 104 na Asa Norte.
Horário: 14h.

Bloco de Carnaval Agô
Data: 6 de fevereiro.
Local: praça central da Torre de TV.
Horário: 11h.

Bloco do Quinto da Play
Data: 6 e 7 de fevereiro.
Local: praça das fontes. no Parque da Cidade, estacionamento 9.
Horário: 15h.

Carnapati
Data: 6 e 8 de fevereiro.
Local: comercial da 101/102 da Asa Norte.
Horário: 8h.

Carnaval Popular da Vila Planalto
Data: 6 e 13 de fevereiro.
Local: praça Nelson Corso.
Horário: 15h.

Galinho de Brasília
Data:6, 7 e 8 de fevereiro.
Local: Setor de Autarquias Sul, quadra 4.
Horário: 14h.

Asé Dudu
Data: 6 e 8 de fevereiro.
Local: praça do DI em Taguatinga.
Horário: 16h.

Mamãe Taguá
Data: 6 e 8 de fevereiro.
Local: Praça do DI em Taguatinga.
Horário: 14h.

Carnaval do Varjão
Data: 6 e 7 de fevereiro.
Local: Praça Central.
Horário: 14h.

Baratinha
Data: 7 e 9 de fevereiro.
Local: Parque da Cidade, estacionamento 12.
Horário: 12h.

Foliã toca surdo durante apresentação do bloco Aparelhinho (Foto: Vianey Bentes/TV Globo)

Foliã toca surdo durante apresentação do bloco Aparelhinho (Foto: Vianey Bentes/TV Globo)

Baratona
Data: 7 e 9 de fevereiro.
Local: eixo rodoviário Sul, altura da quadra 106, na Asa Sul.
Horário: 15h.

Bloco da Tesourinha
Data: 7 e 9 de fevereiro.
Local: quadra 410 da Asa Norte.
Horário: 15h.

Bloco do Amor
Data:7 de fevereiro.
Local: estacionamento da Catedral, Esplanada dos Ministérios.
Horário: 13h.

Bloco do Bem
Data: 7 de fevereiro.
Local: Praça das Fontes, Torre de TV.
Horário: 10h.

Bloco Eixão 44
Data: 7 e 21 de fevereiro.
Local: Eixão Norte, altura da quadra 107.
Horário: 16h.

Raparigueiros
Data: 7 e 9 de fevereiro.
Local: Eixão Sul, altura da quadra 106.
Horário: 17h.

Confronto SoundSystem
Data: 7 de fevereiro.
Local: setor comercial Sul, Praça do Trabalhador.
Horário: 14h.

Agoniza, mas não morre
Data: 7 de fevereiro.
Local: quadra 209/210 da Asa Sul.
Horário: 15h.

Bloco do Dudu: Trem das 11
Data: 7 de fevereiro.
Local: estacionamento da comercial ao lado da QI 11, Lago Sul.
Horário: 11h.

Meninos de Ceilândia
Data: 7 e 9 de fevereiro
Local: quadra CNM 1, no estacionamento do BRB, em Ceilândia.
Horário: 14h.

Foliões durante desfile do Pacotão no carnaval 2015 (Foto: Vianey Bentes/TV Globo)

Foliões durante desfile do Pacotão no carnaval 2015 (Foto: Vianey Bentes/TV Globo)

Pacotão
Data: 7 e 9 de domingo.
Local: comercial da quadra 302/303 da Asa Norte.
Horário: 15h.

Aparelhinho
Data: 8 de fevereiro.
Local: setor bancário Sul, quadra 1, praça do cebolão.
Horário: 15h.

Bloco boneca negra
Data: 8 de fevereiro.
Local: comercial da quadra 410/411 da Asa Norte.
Horário: 15h.

Bloco carnavalesco das divinas tetas
Data: 8 de fevereiro.
Local: setor bancário Sul, quadra 1, praça do cebolão.
Horário: 15h.

Carnaval de rua Unidos da Guariroba
Data: 9 de fevereiro.
Local: EQNP 30/34, Ceilândia Sul.
Horário: 14h.

Bloco do Seu Júlio
Data: 9 de fevereiro.
Local: quadra 3, conjunto J, em Planaltina.
Horário: 13h.

Essa boquinha eu já beijei
Data: 9 de fevereiro.
Local: estacionamento do Canarinho, quadra 408/208 da Asa Norte.
Horário: 16h.

Carnaval do calango
Data: 9 de fevereiro.
Local: comercial da quadra 408/409 da Asa Norte.
Horário: 9h.

5fev/160

PMDF: NOTA DE PESAR

NOTA DE PESAR

É com enorme pesar que a Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Paz Social recebe a notícia da morte do cabo da Polícia Militar Renato Fernandes da Silva, matrícula 73981, de 37 anos, ocorrida nesta sexta-feira (5/2), enquanto atendia a uma ocorrência criminal.

Por 13 anos na corporação, o policial serviu à população do Distrito Federal, colocando a própria vida em risco para garantir segurança aos cidadãos brasilienses.

A Secretaria lamenta a perda irreparável e se solidariza com os familiares, amigos e colegas de profissão do cabo Renato.

Esta Secretaria de Estado se solidariza ainda com a equipe que atendia a ocorrência junto ao cabo Renato, com os policiais feridos na noite desta quinta-feira (4/2), quando também executavam seus trabalhos, e com todos os policiais militares que diuturnamente fazem a segurança do Distrito Federal.

--

Assessoria de Comunicação
Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Paz Social do DF
Telefones: 3441-8774/3441-8765/3441-8706/3441-8760

www.ssp.df.gov.br