17maio/170

Reguffe desconfiado

Reguffe desconfiado

/Foto: Jefferson Rudy/ Agência Senado

O assédio ao senador vem de todos os lados. E haja promessa!

Por João Zisman-Politiquês  

O Senador Reguffe sempre tem despontado nas pesquisas de opinião (a grande maioria delas encomendadas por pretensos candidatos) como o preferido pelo eleitorado de Brasília para a disputa do Buriti em 2018. Discreto, o senador tem falado aos seus interlocutores que não pretende se candidatar novamente antes de concluir o seu mandato atual, que se encerra apenas em 2022.

Sabe-se que em política não existe um “não” definitivo. Na dinâmica política, entre o sim e o não, prevalece a ponderação, senso de oportunidade, confluência de interesses legítimos e, sobretudo, a preferência popular evidenciada em pesquisas. Portanto, ainda é muito cedo para afirmar que Reguffe não será candidato ao GDF em 2018.

Enquanto sua candidatura é uma incógnita, o seu apoio é considerado fundamental para aqueles que pretendem disputar a eleição. O assédio ao senador vem de todos os lados. E haja promessa!

Os incautos “peregrinos” ainda não se deram conta de que o Senador Reguffe cada vez menos acredita em promessas pré-eleitorais. O governador Rollemberg jogou um balde de água fervente na credulidade do Senador, quando lhe prometeu e não cumpriu reduzir em 40% o número de comissionados do GDF.

Portanto, antes de abrir a boca e prometer alguma coisa para Reguffe, é bom lembrar do ditado popular: “gato escaldado tem medo de água fria”.

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn