29jun/180

Brazlândia: Empresário deixa pré- candidato e abandono começa á 100 dias da eleição

Aliados do empresário Zé Carlos do Gás, começam a abandonar a pré- campanha de Iolando Almeida depois do rompimento entre os dois


O lider politico e empresarial, Zé Carlos do Gás, principal opositor ao distrital Juarezão na região de Brazlândia, decidiu que não vai mais caminhar e nem apoiar o pré- candidato Iolando Almeida.

A decisão do empresário vem causando um tremendo abandono a pré- candidatura de Iolando Almeida na pacata cidade de Brazlândia e em algumas cidades do DF. Procurado pelo o blogdogbu o popular Zé Carlos declarou que não tem volta na sua tomada de decisão;" Vou ligar, mandar mensagem e avisar para todos aqueles que estão apoiando o Iolando a meu pedido que não faço mais parte desse projeto em Brazlândia.", declarou Zé Carlos ao gbu.

 

 

fonte: Redação

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
28jun/180

Ministros do Supremo devem manter Lula preso por 6×5 votos

O ex-presidente foi preso na Lava Jato em abril. Foto: ABr

Animou os petistas, em relação à pretendida soltura do presidiário Luiz Inácio Lula da Silva, as mais recentes decisões da Segunda Turma, mas estimativas de juristas experientes, com atuação em tribunais superiores, ouvidos pela coluna, apontam placar apertado, mas desfavorável ao ex-presidente, no Supremo Tribunal Federal: 6×5 votos. A tendência é manter decisões anteriores relativas ao caso. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Os petistas não se animaram à toa: a Segunda Turma inocentou Gleisi Hoffmann e livrou da cadeia o ex-ministro José Dirceu.

A Turma também anulou a busca e apreensão de provas contra Paulo Bernardo, o “PB”, acusado de roubar os endividados dos consignados.

Animou lulistas o voto de Dias Toffoli sobre “plausibilidade jurídica” no questionamento da dosimetria de Dirceu. Mas isso não se aplica a Lula.

É forte a chance de o plenário do STF nem examinar isso em agosto. É que já o fez ao negar habeas corpus que tentou adiar a prisão de Lula. Diáriodopoder.

 

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
27jun/180

STF teme que ‘trio ternura’ da Segunda Turma desconstrua a Lava Jato

Ministros do STF Dias Toffoli, Ricardo Lewandowski e Gilmar Mendes

O temor de ministros do Supremo Tribunal Federal, manifestado em conversas reservadas, é que a sua Segunda Turma esteja determinada a “desconstruir” a Lava Jato, por meio da suspensão de sentenças, como no caso do ex-ministro José Dirceu, ou através de medidas que enfraquecem a acusação do Ministério Público Federal (MPF). No STF, os ministros Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes e Dias Toffoli, cujos votos sempre coincidem, são chamados jocosamente de “trio ternura”. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Em contraposição à Primeira Turma, mais rigorosa nos julgamentos, a Segunda Turma tem exarado sentenças predominantemente amenas.

Anulando a busca e apreensão na casa de Gleisi Hoffmann, a 2ª Turma enfraquece a acusação e ajuda o marido Paulo Bernardo, alvo central.

Bernardo foi preso na Operação Custo Brasil, que investiga o roubo a tomadores de empréstimo consignado. Ele seria solto por Dias Toffoli.

Segundo o MPF, a administradora roubava 1 real de cada tomador de empréstimo consignado. A pilhagem passou dos R$100 milhões.

 

fonte: Diariodopoder

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
19jun/180

Terceira via: Cristovam e Rogério Rosso colocam Izalci contra a parede

Eles se encontraram na noite desta segunda-feira (18/6) para discutir sobre a instabilidade ao redor do atual cabeça de chapa do grupo

Igo Estrela/Metrópoles

A instabilidade política em torno do nome do deputado federal Izalci Lucas (PSDB) tem preocupado aliados. Ele é o pré-candidato ao Governo do Distrito Federal em uma possível chapa formada por nove partidos e precisa estar apto a disputar o pleito em outubro. Com os integrantes da terceira via tomando rumos diferentes, os líderes da coalizão – o deputado federal Rogério Rosso (PSD) e o senador Cristovam Buarque (PPS) – chamaram Izalci para uma conversa.

Durante 40 minutos, o trio conversou no gabinete de Buarque, no Senado Federal. Izalci (na foto em destaque, de blusa clara, ao lado de Rosso) descartou a possibilidade de o PSDB ficar sem presidente regional até outubro, o que deixaria a sigla fora da disputa eleitoral no DF. Hoje, o tucano é o presidente local da legenda, graças a uma determinação do comando nacional do partido, mas essa decisão é questionada por correligionários.

Os integrantes do PSDB pedem a realização de eleições internas antes de outubro. A última investida nesse sentido, do ex-deputado distrital Paulo Roriz, está em análise pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Se a eleição não for concluída ou se o partido não tiver diretório constituído até o fim do prazo para registro das chapas, o PSDB local inteiro corre o risco de não participar do pleito. Os candidatos ficam impossibilitados de fazerem o cadastro junto à Justiça Eleitoral.As explicações de Izalci convenceram Rosso e Cristovam. Eles vão esperar mais 10 dias pela decisão do TSE antes de tomarem qualquer atitude. Além disso, aguardam a divulgação de pesquisas de intenção de voto encomendadas para terem uma ideia da aceitação pelo eleitorado brasiliense dos nomes postos dentro da coalizão.

O grupo hoje é formado por PSD, PRB, PMB, PSDC, PSC, Patriota, PSL, PPS e PSDB. O nome do PRB dentro da terceira via é o de Wanderley Tavares. Ele era um dos cotados para disputar o Palácio do Buriti antes de Izalci ser escolhido.

Após declarações sobre a possibilidade de se desligar do grupo para seguir carreira solo, Tavares foi convocado para um encontro nesta terça-feira (19/6), por volta das 17h. Cristovam e Rosso querem ouvir as intenções do evangélico, estratégico para agregar votos cristãos à coalizão das nove siglas.

 

 

fonte: Metropóles

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
19jun/180

Alírio e Eliana anunciam coligação majoritária

Em uma reunião realizada na tarde desta terça-feira,19, o PTB e o Pros anunciaram uma coligação. De acordo com o secretário-geral do PTB-DF, Wallison Perônico. a união das legendas está consolidada. "Vamos caminhar juntos independente de quem será o cabeça de chapa," disse o secretário-geral do PTB-DF,"  frisou Wallison

Nota Conjunta PTB-DF e PROS-DF

O Partido Trabalhista Brasileiro do Distrito Federal (PTB-DF) e o Partido Republicano da Ordem Social do Distrito Federal (PROS-DF) comunicam que foi firmado, nesta terça-feira (19), um protocolo de intenções para a efetivação de uma coligação majoritária no âmbito do Distrito Federal. 

Radiocorredor
Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn