6out/170

RECIBOS DE ALUGUEL DE LULA SÃO FALSOS, AFIRMA O MPF A SÉRGIO MORO

LAVA JATO AFIRMA SER ‘IMPERATIVA’ UMA PERÍCIA NOS COMPROVANTES

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
6out/170

ARRUDA É ABSOLVIDO EM CASO DE FRAUDE NO JOGO BRASIL X PORTUGAL

EX-GOVERNADOR ERA ACUSADO DE CONTRATAR SEM LICITAÇÃO EMPRESA QUE ORGANIZOU O JOGO

EX-GOVERNADOR JOSÉ ROBERTO ARRUDA FOI ABSOLVIDO NA ACUSAÇÃO DE FRAUDE EM LICITAÇÃO DE AMISTOSO DO BRASIL NO DF (FOTO: EBC) PUBLICIDADE

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
6out/170

Empresário que ficou desaparecido uma semana já está vindo para o DF

O empresário Marcos Antônio Biângulo, de 51 anos, que ficou uma semana desaparecido, já está aos cuidados da família. Parentes dele foram até a cidade de Araguaína (TO) buscá-lo, após ele ser localizado na terça (3/10) por policiais da Divisão de Repressão a Sequestro (DRS). Em depoimento, ele disse ter sumido porque estava endividado.

A preocupação é com o estado emocional do empresário, que tem um bar em Ceilândia. “Ele (pai) está vindo de Araguaína, de carro, com minha mãe e meu primo. Ontem (quinta-feira), conversei com ele… estava bem abalado, muito triste. Agora, está mais conformado, tranquilo, viu que o que fez foi um erro bem grande. Inclusive, pediu desculpas”, contou ao Metrópoles Brayon Pablo da Silva Biângulo, 20 anos, professor de educação física e filho de Marcos Antônio.

Uma equipe da DRS esteve na cidade para localizá-lo. Segundo a Polícia Civil, Biângulo estava morando de aluguel em uma residência humilde, em região de baixa renda. Ainda de acordo com a corporação, ele estava vendendo picolés em um carrinho pelas ruas de Araguaína.

O delegado-chefe da DRS, Leandro Ritt, já havia adiantado que Biângulo estava bem e não fora vítima de bandidos. “Em 90% dos casos de desaparecimento, as pessoas não são alvo de criminosos. Muitas vezes, elas somem por vontade própria”, disse Ritt.

O empresário carregava uma quantia considerável em dinheiro quando desapareceu sem deixar rastros. Quando sumiu, iria depositar cerca de R$ 15 mil ganhos com a venda de um veículo. O empresário deixou de atender ao telefone por volta de 13h do dia 27/9. O último a vê-lo foi o filho Brayon, que o deixou próximo ao banco.

Natural da cidade de Tiros, em Minas Gerais, a família do empresário mora no DF há 24 anos e sempre trabalhou com comércio. Marcos é muito conhecido em Ceilândia. Metropoles

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
6out/170

PDT abre as portas para candidatura de Frejat

PDT abre as portas para candidatura de Frejat

Escolha de um lado

Por Eixo capital-Correio Braziliense 

 

A cúpula do PDT abriu as portas do partido para o ex-deputado Jofran Frejat concorrer ao Palácio do Buriti nas próximas eleições. O convite foi feito, quarta-feira, na casa da ex-deputada Eliana Pedrosa, no Lago Sul, com a presença do presidente da Câmara Legislativa, Joe Valle (PDT), apontado como o candidato na sucessão do governador Rodrigo Rollemberg (PSB). Se Frejat topar, Joe concorrerá ao Senado, ao lado de Cristovam Buarque (PPS). Estavam no almoço oferecido por Eliana, além da anfitriã e seu irmão, Eduardo Pedrosa, o presidente do PDT no DF, Georges Michel, e o vice, Fábio Barcellos, e outros integrantes da executiva do partido. Frejat não disse nem sim, nem não. Não poderia, ressaltou, tomar nenhuma decisão sem falar com Valdemar Costa Neto, que comanda o PR nacionalmente.

Escolha de um lado

O convite a Jofran Frejat é de filiação no PDT. Seria, assim, um afastamento total dos aliados na campanha passada, liderados por José Roberto Arruda.

Devagar

Na cabeça de quem faz política há longa data, está muito cedo para uma decisão política. As conversas são intensas, mas ninguém quer se mexer.

E Ibaneis?

Não só o governador Rodrigo Rollemberg (PSB) vai se sentir desconfortável com a aproximação do PDT e Frejat. Os pedetistas têm conversado com o ex-presidente da OAB/DF Ibaneis Rocha sobre possível candidatura ao governo. Ele tem dito que só topa concorrer ao Buriti.

Bruna vai ao gabinete de Feliciano… E dá com a cara na porta

A presidente da Agefis, Bruna Pinheiro, esteve ontem no gabinete do deputado Marco Feliciano (PSC/SP) para esclarecer os motivos da derrubada da igreja Assembleia de Deus na Vila Planalto. Em vídeo, Bruna explica: “A ação foi feita porque a igreja foi construída numa área pública recentemente. Nós temos imagens que mostram o telhado da igreja completamente novo, branquinho, numa área que precisamos controlar, de extremo interesse ambiental”. Feliciano, que criticou a ação pelo Facebook e a chamou de criminosa, não recebeu a presidente da Agefis.

Uma Samambaia preservada

A área recuperada no DF pela Agefis no governo Rollemberg já tem o tamanho equivalente a Samambaia.

Esperança de Gim

Da prisão, em Curitiba, o ex-senador Gim Argello aguarda com esperanças pelo próximo 19 de outubro. Nesta data, o Tribunal Regional Federal (TRF) da 3ª Região vai julgar o recurso de sua defesa contra a condenação a 19 anos de prisão na Lava-Jato por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e obstrução à investigação, em regime fechado. A sentença é do juiz Sérgio Moro.

Na cola de Vaccari

O TRF da 3ª Região tem mantido as sentenças de Sérgio Moro na Lava-Jato e, em alguns casos, até aumentado. Mas, segundo amigos de Gim, o ex-senador mira o caso do ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, absolvido em segunda instância por falta de provas. Nada de pensar em José Dirceu, que teve a pena ampliada de 20 para 30 anos

Rede apresenta seus candidatos

Em jantar na noite de quarta-feira, a líder da Rede Sustentabilidade, Marina Silva, e o senador Randolfe Rodrigues (RN) apresentaram os candidatos do partido em 2018, entre os quais Chico Leite, que deve concorrer ao Senado. Foi um evento político a favor da candidatura de Marina à Presidência e que serviu também para arrecadar recursos para o programa de tevê.

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
6out/170

Pedofilia: PCDF identificou 11 vítimas de ex-diretor de escola

Em maio deste ano, a PCDF cumpriu mandado de busca e apreensão na casa do ex-diretor do Colégio Cristo, que não funciona mais, Alessandro da Silva Santos, de 45 anos, onde foi apreendido um HD, no qual os peritos localizaram centenas de vídeos e imagens sexuais, envolvendo o próprio acusado com adolescentes do sexo masculino, que aparentavam idades entre 10 e 16 anos. Na época, ele chegou a ser preso, mas pagou fiança e foi solto.

De acordo com a polícia, após ser solto, ele teria procurado as vítimas, porta a porta, para orientar que apagassem qualquer rastro que pudesse prejudicá-lo.

Reprodução/PCDF

REPRODUÇÃO/PCDF

 

“Através de contatos pessoais, ele abordava os menores nas ruas, geralmente jovens de baixa renda, e, em troca de lanches, celulares e dinheiro, os convencia a gravar cenas obscenas e enviar para ele”, explicou o delegado Ricardo Viana.  Ele também incentivava que as crianças praticassem atos sexuais entre elas.Segundo o policial, uma das crianças, um menino de 13 anos, chegou a ser levado a um centro de umbanda, onde o suspeito atuava como líder religioso. “O garoto disse que o autor o obrigou a praticar atos sexuais com ele, e, mesmo sem querer, ele consentiu após se sentir ameaçado”, contou o delegado.

Dois adultos, que têm hoje 30 e 31 anos, foram identificados e confirmaram os abusos à polícia. Na época, eram adolescentes e teriam sido aliciados em um fliperama em um shopping no centro de Brasília.

Farto material

As investigações demonstraram que os atos de A.S.S. eram praticados desde 1990, tendo reunido o maior arquivo de imagens de pedofilia já encontrado pela PCDF em uma única ação. Os policiais conseguiram identificar também um homem que comprava as imagens de A.S.S. A pessoa foi localizada por policiais civis do DF em Minas Gerais, onde se encontra preso preventivamente.

De acordo com o delegado-chefe da 24ª DP, o segundo acusado foi preso no bairro Nova Esperança, em Belo Horizonte (MG).  Durante o cumprimento do mandado de busca na residência dele, os agentes localizaram um aparelho celular com várias fotos de crianças e adolescentes nus e em cenas de sexo.  O criminoso foi preso em flagrante e encaminhado para a delegacia da capital mineira.

Segundo a polícia, os dois criminosos compartilhavam entre si e também na internet — via deep web — imagens e vídeos de crianças e jovens em cenas de sexo, e também mantinham conversas por meio do aplicativo WhatsApp. “Há indícios de que essas imagens foram repassadas a outras pessoas da capital federal e também de outros estados. Pelo menos dez vítimas desses criminosos já foram identificadas”, explica o delegado.

Ele vai responder nove vezes pelo artigo 241-B do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), que prevê pena de um a quatro anos de reclusão. E mais dois estupros. Sendo um, estupro de vulnerável. As penas, se somadas, variam de 23 a 31 anos de prisão em regime fechado. Diariodopoder

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn