8maio/170

Flamengo vence Flu e é o campeão Carioca

 O Flamengo é campeão carioca. Pela 34ª vez, o Rubro-Negro conquistou o título do Estadual. No Maracanã, a equipe da Gávea voltou a vencer o Tricolor das Laranjeiras, desta vez, por 2 a 1 se se sagrou campeão de forma invicta.

Depois de 22 anos, Flamengo e Fluminense voltaram a fazer uma partida que valia o título do Carioca. Na última vez, o Tricolor das Laranjeiras havia vencido, desta vez, o Rubro-Negro levou a melhor.Os gols da partida foram marcados por Henrique Dourado para o Fluminense. Pelo lado rubro-negro, Guerrero e Rodinei fizeram os gols da vitória da equipe da Gávea.

O JOGO

O primeiro tempo entre Flamengo e Fluminense foi bastante tenso. O Tricolor começou mais ligado e conseguiu marcar em um lance de “abafa” no começo da partida. Novamente acuado, a equipe das Laranjeiras permitiu uma superioridade do Rubro-Negro que teve mais a posse da bola. Porém, a equipe da Gávea desmonstrava um nervosismo e não conseguia criar boas oportunidades. O Fluminense ainda quase conseguiu ampliar em lances de bola parada em em contra-ataques.

O Fluminense começou a partida muito ligado, imprensando o Flamengo no campo de defesa. Em um lance de bola parada, o Tricolor conseguiu marcar. Sornoza cobrou escanteio, Renato Chaves desviou e Henrique Dourado apareceu para cabecear a bola para o fundo das redes.

Passado o primeiro gol, o Tricolor recuou e o Flamengo teve o domínio das jogadas. Porém, o time de Zé Ricardo mostrava muito nervosismo. A única chance do Rubro-Negro aconteceu em bela jogada de Renê, que cruzou, a bola passou pela zaga do Fluminense e Everton obrigou Diego Cavalieri a fazer bela defesa.

Apesar da maior posse do Flamengo, o Fluminense teve algumas chances de ampliar. Na melhor delas, pouco segundos antes do intervalo, Henrique Dourado puxou contra-ataque e cruzou para Wellington, o atacante tricolor recebeu dentro da área, mas chutou em cima da defesa rubro-negra.

O Tricolor voltou melhor para a segunda etapa, o Flamengo buscando o empate ficou mais desorganizado e a equipe das Laranjeiras passou a criar boas chances. Renato Chaves e Sornoza tiveram boas chances de empatar.

Zé Ricardo colocou Rodinei na vaga de Gabriel tentando repetir a boa mudança da partida da Libertadores. Porém, quem brilhou foi Guerrero. Aos 39 minutos, quando a partida já parecia que iria para os pênaltis, o atacante apareceu dentro da área para marcar.

Porém, ainda havia tempo para mais um. O Fluminense foi desesperadamente para o ataque e acabou ficando com um a menos. Rodinei foi lançado, tentou passar por Cavalieri, que acabou expulso. Como o Tricolor já tinha feito as três substituições, a equipe das Laranjeiras teve que colocar Orejuela no gol. Nos acréscimos, em um contra-ataque, Rodinei ainda fez o segundo e deu a vitória ao Flamengo.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 2 X 1 FLUMINENSE

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães (Fifa-RJ)
Assistentes: Luiz Claudio Regazzone e Michael Correia (RJ)
Cartões amarelos: Pará, Márcio Araújo (FLA); Henrique Dourado, Wellington Silva, Lucas, Léo (FLU)
Cartão vermelho: Diego Cavalieri, 47′/2ºT (FLU)
Renda/Público: R$ 3.242.130,00 / 58.399 pagantes
Gols: Henrique Dourado, 3′/1ºT (0-1); Guerrero, 40′/2ºT (1-1); Rodinei, 50′/2ºT (2-1)

Flamengo: Alex Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz e Renê; Márcio Araújo, Willian Arão, Trauco (Rodinei, 16′/2ºT), Everton (Juan, 43′/2ºT) e Berrío (Gabriel, 11′/2ºT); Guerrero. Técnico: Zé Ricardo.

Fluminense: Diego Cavalieri, Lucas, Renato Chaves, Henrique e Léo; Orejuela, Wendel (Marcos Júnior, 42′/2ºT) e Sornoza; Richarlison (Pedro, 41′/2ºT), Wellington Silva (Maranhão, 17′/2ºT) e Henrique Dourado. Técnico: Abel Braga. Estaçãodanoticia.

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
8maio/170

2º Encontro Resgatar Brasília

No último sábado (06/05) aconteceu o Resgatar Brasília, evento realizado para movimentar e apoiar possíveis pré-candidatos à Câmara Federal e a Câmara Legislativa do DF. Neste dia foi anunciado que o Resgatar Brasília sai do papel e da cabeça de seus idealizadores e se torna um Instituto Político, uma ONG Pró Brasília.

A ideia de criar o grupo veio de uma brincadeira no aplicativo whatsapp, com a intenção de surgir e buscar aprimoramentos para a cidade, lutando de forma justa e honesta por um governo melhor, sendo possível um contato mais direto com os governantes.

O articulador político Zenóbio Rocha, organizador do evento, se disse satisfeito com a evolução que vem dando o projeto. “Política se faz em grupo, e esse grupo só está crescendo, vamos mudar o jeito de governar Brasília, temos que nos mover”, afirmou.

O evento contou com a presença de algumas autoridades, como o Deputado Federal Izalci (PSDB), e pré-candidato ao governo de Brasília em 2018 e o Senador Hélio José (PMDB), assim como alguns presidentes regionais de partido como Daniel de Castro (PSC), Newton Lins (PSL), Paco Brito (AVANTE), Maria Silvana (PSDC), Léia Santos (PMB) e Raad Massouh, ex- deputado distrital.  Foi possível a eles como aos outros expor suas propostas políticas e ideias partidárias.

Segundo Izalci, o grande problema hoje em Brasília é que não tem planejamento, temos que trabalhar juntos com o candidatos, deputados e senadores. “Vamos comandar o Buriti, resgatar a dignidade e qualidade de vida que um dia tivemos”, afirmou, se eleito.

 

 

Fonte: Donny Silva

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
8maio/170

PELEGOS PERDEM NEGÓCIO BILIONÁRIO COM A REFORMA TRABALHISTA, DAÍ O PÂNICO

SINDICALISTAS NÃO QUEREM PERDER R$4 BILHÕES DO IMPOSTO SINDICAL

PROTESTOS SÃO CONTRA PERDA DOS R$ 4 BILHÕES DO IMPOSTO SINDICAL

 

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
8maio/170

DÓRIA CHAMA LULA DE COVARDE E MENTIROSO E MOSTRA CARTEIRA DO TRABALHO

PREFEITO DIZ FAZER O QUE LULA NUNCA FEZ: TRABALHA HONESTAMENTE

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn