12nov/170

Servidora consegue diminuir carga horária para cuidar de filha com Down

A decisão permite à mãe, servidora do Tribunal de Justiça, trabalhar metade da jornada

Uma decisão judicial permitiu a uma mãe o direito de cuidar da filha de nove meses com Síndrome de Down. A partir de agora, a servidora do Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDFT) vai trabalhar metade da carga horária diária, sem redução salarial e sem o dever de posterior compensação das horas não trabalhadas em expediente.

A sentença da 7ª Vara Cível da Justiça Federal publicada na última sexta-feira (10/11) é assinada pelo juiz Eduardo Rocha Penteado. O magistrado acatou o pedido da mãe de flexibilização da jornada para ter tempo de acompanhar a filha, nascida no dia 27 de janeiro deste ano, às terapias necessárias para o seu desenvolvimento. "Com efeito, a criança portadora de Síndrome de Down necessita de cuidados especializados, que lhe permitiam desenvolver, ao máximo, suas capacidades físicas e habilidades mentais".

No entendimento do magistrado, a mãe comprovou com documentação que a menina precisa de cuidados constantes da genitora para a manutenção de seu bem-estar, saúde e educação. O juiz entendeu ainda a necessidade de manter o salário integral porque a redução da renda familiar seria prejudicial à criança com deficiência. Além disso, não exigiu compensação das horas, entendendo que seria tirar "com uma mão o pretendeu oferecer com a outra".

Por fim, a conclusão do juiz é a de que "defiro o pedido de tutela antecipada de urgência para determinar à União que reduza a carga horária da autora em 50% (cinquenta por cento), mantendo-se o salário integral, portanto, sem redução de salário, enquanto houver necessidade de acompanhamento da filha com deficiência, sem necessidade de compensação posterior, até o julgamento da demanda", escreveu o juiz.

Fonte:Correioweb

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
12nov/170

Acidente envolvendo três carros deixa cinco pessoas feridas na DF-001

O motorista de um dos carros foi levado para o Hospital Regional de Taguatinga (HRT) com ferimentos mais graves. Os outros quatro envolvidos também foram encaminhados ao HRT, mas passam bem.

O motorista de um dos carros foi levado para o Hospital Regional de Taguatinga (HRT) com ferimentos mais graves. Os outros quatro envolvidos também foram encaminhados ao HRT, mas passam bem

Um acidente envolvendo três carros deixou cinco pessoas feridas na noite deste domingo (13/11), na DF 001, Km 82, próximo ao Acampamento 26 de Setembro. O motorista de um dos automóveis, Oscar Simão, 51 anos, foi levado para o Hospital Regional de Taguatinga (HRT) com trauma no tórax, ferimento no olho direito, fratura no braço esquerdo e escoriações no joelho direito, segundo o Corpo de Bombeiros. Os outros quatro envolvidos também foram encaminhados ao HRT, mas passam bem. Não foi realizado teste de bafômetro no local.

Segundo informações do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CBMDF), um Uno preto, conduzido por Eliane Lacerda, 51 anos, seguia sentido Taguatinga e invadiu a contramão causando a colisão frontal com outro Uno, de cor prata, guiado por Oscar. Ele era o único no veículo e voltava do trabalho. Ele trabalha como porteiro, em um prédio da 111 Sul. A passageira que estava com Eliane não havia sido identificada até a última atualização desta matéria.

Valmir do Reis, 53 anos, dirigia um Up branco e vinha atrás do Uno prata. Ele tentou desviar, mas bateu e acabou parando no acostamento. Uma mulher chamada Valdilene, 42 anos, o acompanhava.

Fonte:CorreioWeb

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
11nov/170

Jovem de 19 anos mata esposa e esconde corpo em cisterna

Crime aconteceu em Anápolis. O casal tem um filho de 1 ano e 11 meses

Polícia Civil de Goiás investiga a morte de Letícia Helena Feitosa, 19 anos, encontrada em uma cisterna em Anápolis, distante 153km de Brasília. O ex-marido dela, Lucas Dias Costa, da mesma idade, confessou o crime. Eles tinham um filho.

Letícia desapareceu em 31 de outubro. Na ocasião, Lucas disse à família que a moça havia ficado no terminal rodoviário da cidade e que não tinha visto mais ela. Neste sábado (11/11), segundo a investigação, uma denúncia anônima levou a polícia ao homem.

Lucas Dias foi preso em Goianésia. De acordo com a Polícia Civil, ao ser encontrado, ele confessou o crime contra a sua ex-mulher. Em depoimento, Lucas disse ter asfixiado Letícia, colocado fogo no corpo e entupido a cisterna com entulho.

Leia mais notícias em Cidades

A Polícia Técnica-Científica recolheu o corpo de Letícia, que passa por exames no Instituto Médico Legal (IML) de Anápolis. O Departamento de Investigação de Homicídios está investigando o crime. Ainda não se sabe se alguém ajudou Lucas a esconder o corpo.

Familiares de Letícia contaram aos policiais que Lucas já havia ameaçado a jovem. Eles teriam um casamento conturbado e com várias desentendimentos ultimamente.

O filho do casal, de 1 ano e 11 meses, está sob os cuidados da família de Lucas. O delegado responsável pelo caso, Vander Coelho, disse ao G1 Goiás que acionará o Conselho Tutelar para tomar as devidas providências.

Lucas foi autuado em flagrante por ocultação de cadáver e feminicídio. Vander solicitou que o assassino confesso fique preso preventivamente. Ele está detido no Centro de Inserção Social de Anápolis.

Fonte:Correioweb

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
11nov/170

assageiros encontram portas fechadas do Metrô neste sábado

Liminar suspende movimento grevista iniciado na última segunda-feira (6/11) e prevê multa de R$ 100 mil

Apesar do aviso prévio, greve dos metroviários dificulta deslocamento de usuários de transporte público durante a manhã

Mesmo com o aviso prévio de que os portões do Metrô não iriam funcionar neste sábado (11/10), houve passageiro que encontrou as portas fechadas em 24 estações do Distrito Federal. O terceiro dia da greve dos metroviários dificultou o deslocamento dos usuários de transporte público, tanto para quem queria aproveitar o fim de semana quanto para quem necessita trabalhar. Por medida judicial, os trens devem funcionar na manhã de domingo (12/11), integralmente, por causa do Exame Nacional do Ensino Médio.

Sem Acordo

Em audiência para conciliação ocorrida na sede do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região, na tarde desta sexta-feira (10/11), representantes do Metrô e do Sindicato dos Metroviários não conseguiram chegar em um acordo diante das reivindicações da greve, iniciada na última quinta-feira.

Diante do impasse, a previsão é de que a greve continue por tempo indeterminado. A categoria reivindica a contratação urgente dos mais de 600 selecionados dentro das vagas e em cadastro reserva em concurso promovido em 2014. Além disso, cobram o reajuste salarial referente ao Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) de 8,41%, atrasado desde 2015.

Fonte: CorreioWeb

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
10nov/170

nmet emite alerta para temporais e ventanias no fim de semana

Até esta sexta-feira, já choveu 38% do esperado para todo o mês de novembro: 87,6 mm

O fim de semana será marcado por fortes chuvas e rajadas de vento e, segundo o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), as próximas pancadas serão generalizadas em todo o Distrito Federal. Os maiores volumes estarão na região dos reservatórios do Descoberto e de Santa Maria.

O Inmet colocou o DF sob alerta para chuvas intensas com o perigo potencial, que devem variar entre 20 e 30 mm por hora. Já os ventos podem chegar a 60 km por hora. Na última terça-feira (7/11), a capital federal sofreu com fortes rajadas de vento.

Até esta sexta-feira (10/11), já havia chovido 38% do esperado para todo o mês de novembro. A média mensal é de 231 mm e o órgão já registrou 87,6 mm. A expectativa é de que o volume previsto para o mês seja superado. "Apesar de serem chuvas intensas, não é nada semelhante ao temporal da madrugada de quarta-feira", explica Morgana Almeida, chefe do Centro de Análise e Previsão do Tempo do Inmet.

O alerta é válido até as 13h30 deste sábado (11/11). "Fazemos alertas nesse modelo para que áreas sem infraestrutura, como o Sol Nascente, possam se preparar e evitar danos", conclui Morgana. As imagens dos satélites mostram que a tendência de temporais permanece até a próxima segunda-feira (13/11).

Monitoramento

Por causa dos alertas e das intempéries do clima, os meteorologistas estão monitorando o clima com atenção redobrada. Há a aproximação de nuvens carregadas vindas do Mato Grosso e toda a região centro-oeste está sob uma área de instabilidade que potencializa chuvas e ventos.

Nos próximos dias, a temperatura não deve ultrapassar os 27ºC. A umidade relativa varia entre 60% e 90%. Discretamente, os níveis dos reservatórios do Descoberto e de Santa Maria apresentaram melhora. O Descoberto alcançou 6% da capacidade e Santa Maria 22,4%.

Fonte: CorreioWeb

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
10nov/170

Preso advogado que abusava de adolescentes depois de oferecer drogas

O homem de 30 anos era investigado há pelo menos quatro meses. A Polícia Civil aponta que o advogado abusava de garotas com idade entre 14 e 17 anos no Itapoã

Um advogado suspeito de abusar sexualmente de diversas adolescentes no Itapoã foi preso em flagrante na manhã de sexta-feira (10/11). Após denúncias, a Polícia Civil cumpriu mandado de busca e apreensão na residência homem de 30 anos. No local, os investigadores encontraram grande conteúdo pornográfico envolvendo jovens entre 14 e 17 anos. Segundo a corporação, elementos indicam que o conteúdo foi gravado pelo abusador em sua casa e em motéis do Distrito Federal.

O homem é investigado há pelo menos quatro meses. As apurações começaram após alguns pais de adolescentes da região comparecem à Seção de Atendimento à Mulher da 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá) para denunciar que o advogado estaria aliciando garotas para consumirem drogas e em seguida manter relações sexuais com elas.

Ao longo das investigações, a polícia identificou outras vítimas do homem que atua como advogado. "Ele agia da mesma forma. Oferecia drogas para as vítimas em troca do abuso", detalha o chefe da 6ª Delegacia de Polícia, Ulysses Fernandes. Por volta das 6h da manhã, a corporação direcionou 10 agentes para cumprir o mandado de busca e apreensão. Além do contéudo pornográfico, os investigadores também localizaram uma quantia de maconha e uma balança de precisão na residência do investigado.

Prosseguimento

O advogado foi preso em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e armazenamento de imagens pornográficas. Segundo o delegado Ulysses Fernandes, as investigações agora seguem no sentido de identicar outras vítimas. "Vamos também averiguar a questão de corrupção de menores e o crime de produzir imagens pornográficas de crianças e adolescentes", específica.

A polícia também identificou que o homem já possuí uma passagem por tráfico de drogas, registradas neste ano. Ele será levado preso para o Departamento de Polícia Especializada (DPE) da Polícia Civil.

Fonte: CorreioWEB

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
9nov/170

CEB registra falta de energia em todo o DF há mais de 40 horas

CEB registra falta de energia em todo o DF há mais de 40 horas

Companhia Energética de Brasília (CEB) está em greve e apenas 45 equipes fazem os reparos; não há previsão para normalizar o serviço

Moradores das 31 regiões administrativas do Distrito Federal estão há quase 40 horas sem de energia elétrica. O fornecimento está interrompido desde o temporal da madrugada da última quarta-feira (7/11). Postes e o cabeamento ficaram destruídos após quedas de árvores e rajadas de ventos. A Companhia Energética de Brasília (CEB) está em greve e apenas 45 equipes fazem os reparos.

A CEB recebeu quase 2,8 mil chamados para reparos. Várias casas e estabelecimentos comerciais de Ceilândia, Taguatinga, Sobradinho, Brazlândia, Planaltina, Samambaia e Núcleo Bandeirante estão sem eletricidade. A situação mais crítica é no Lago Norte e na Asa Norte, onde a chuva destruiu com mais intensidade a estrutura da companhia.

Há quatro dias em greve, os reparos feitos pela CEB devem se estender até o fim de semana. Porem, não há previsão para a normalização do serviço. Pelo Whatsapp do Correio (61-99256.3846) moradores de diversas regiões relataram o problema e cobraram respostas da CEB.

Recomposição salarial e ponto cortado

O governador Rodrigo Rollemberg (PSB) determinou que o ponto dos empregados grevistas seja cortado. Cabe à Justiça definir se a medida será realmente executada. “A empresa continua com canais de diálogo junto à categoria a fim de encerrar o movimento”, disse a companhia, em nota.

A CEB ofereceu aos seus empregados recomposição salarial de 100% das perdas inflacionárias do período além da manutenção de todas as cláusulas atuais do Acordo Coletivo de Trabalho, inclusive os benefícios sociais históricos da categoria como auxílio creche, auxílio babá, vale alimentação.

No entanto, a proposta vem sendo rejeitada pela categoria, que pede reajuste de R$ 1,2 mil para todos os empregados o que, em média, representa 8 vezes mais que a inflação do período.

Fonte: Correioweb

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
9nov/170

Por falta de funcionários, catracas do metrô são liberadas para passageiros

Medida foi tomadas às 10h. Ao meio-dia, sistema foi interrompido

Devido à redução de funcionários nas estações de metrô, por conta da greve dos metroviários, as catracas precisaram ser liberadas a partir das 10h. A expectativa era que, depois desse período, a passagem voltasse a ser cobrada, mas a empresa decidiu suspender os serviços depois do meio-dia. A liberação da entrada se deu porque os servidores que foram ao trabalho precisam sair para sua hora de descanso e almoço. De acordo com informações de funcionários, somente metade deles está trabalhando

A reportagem do Correio passou pelas estações do Centro Metropolitano, Rodoviária do Plano Piloto, Águas Claras, Furnas, Taguatinga Sul e Samambaia Sul. Em todas elas, os usuários foram surpreendidos com o fechamento dos caixas e a liberação das catracas.

A dona de casa Wania Santos, 53 anos, que seguia para Samambaia, chegou no momento exato do fechamento. “Isso confunde a gente, ainda mais hoje com esse indicativo de greve. Pelo menos não vão parar por completo”, opinou.

A frota de veículos também foi reduzida. Os carros passavam em intervalos médios de 20 minutos. A demora acontece tanto no sentido Central quanto para Ceilândia-Samambaia. Isso fez com que a diarista Luciane Oliveira, 47 anos, que seguia viagem da estação da 114 Sul até a Rodoviária, se atrasar uma hora para o trabalho. “Espero que na Rodoviária seja mais rápido. Não tem como não ficar indignada”, afirmou a diarista.

No Centro Metropolitano, a professora Louise Correa, 33 anos, comemorou a liberação das catracas. Ela é de Santa Rita de Cássia, na Bahia, e veio para Brasília para visitar os parentes por 10 dias. "É vatangem, porque, como não sou daqui, eu não tenho bilhete único. Então, eu teria que pagar passagem para ir para a Rodoviária", comemorou.

Fonte: Correioweb

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
5dez/160

Politica: Tumulto, empurrões, ausências e xingamentos marcam reunião no Incra 08 – Brazlândia

Juarezão perde a paciência e pede vaia para um lider comunitário do Incra 08, que foi acusado pelo o parlamentar de tentar atrapalhar a doação de terras do Incra 08 para o GDF

unnamed-1

A comunidade do Incra 08 que receberia a tão sonhada doação de suas terras para o domínio do GDF, terá que esperar mais um pouco.  A solenidade foi adiada depois da comunidade se fazer presente para o evento na tarde do último sábado na área externa da igreja católica na região.

Aos presentes, o distrital Juarezão alegou que a ausência de representantes do Incra tinha ocorrido por ameaças por parte de uma liderança da região, popularmente conhecido por Silvano Marques, que segundo o parlamentar, Silvano teria ameaçado dirigentes do governo federal (Incra) prometendo tumultuar o evento;" O Silvano está fazendo movimento para impedir a entrega das terras para o GDF, ele ameaçou o Marcão que faria um movimento aqui. Ele não consegue juntar nem duas pessoas. Queira ele ou não, vamos fazer a entrega sim", declarou um incisivo Juarezão.

unnamed

Silvano Marques, acusa distrital de nomear apadrinhados com intuito de ficar nas redes sociais falando mal das pessoas

O evento teve de tudo, acusações de benefícios de lotes e até de coronel saruê o distrital foi chamado por populares. Veja abaixo tudo que aconteceu no evento do Incra 08;

 

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn