4ago/200

Forte explosão em Beirute causa destruição 73 mortes e deixa 3 mil feridos

Foram registrados cinquenta mortos e cerca de 3 mil feridos, além de avarias em centenas de imóveis

Uma grande explosão atingiu a região portuária de Beirute na tarde desta terça-feira (4). As agências internacionais buscam informações sobre o número de feridos e mortos. A explosão foi sentida no Chipre, o país fica a 248 km de distância da capital do Líbano.

O impacto provocou cerca de 73 mortes e mais de 3 mil feridos, além de deixar um rastro de destruição na região central da cidade, Prédios caíram, sacadas de edifícios desabaram. Carros foram atingidos por escombros ou tiveram vidros quebrados.

Não há evidência de que se trate de um atentado terrorista, nenhum grupo extremista se manifestou sobre o ocorrido. Existe a possibilidade de que tenha ocorrido um acidente em um galpão que guardava uma grande quantia de material explosivo, fruto de apreensões.

Imagens de testemunhas divulgadas nas redes sociais mostram o momento da explosão. “Vi uma bola de fogo e fumaça subindo sobre Beirute. Pessoas estavam gritando e correndo, sangrando. Sacadas foram arrancadas de edifícios. O vidro dos prédios se partiu e caiu nas ruas”.

De acordo com fontes médicas e de segurança do país, há pelo menos dez mortos, segundo informações da agência Reuters,

A Cruz Vermelha está no local e afirmou que centenas de feridos estão sendo levados a hospitais, mas ainda há muita gente presa em escombros. O governo libanês determinou que todos os hospitais particulares prestem atendimento a todos as vítimas.

A explosão foi sentida na água, barcos estão resgatando pessoas que foram jogadas ao mar.

A rede libanesa de transmissão LBCI informou que no hospital Hotel Dieu há mais de 500 pessoas sendo atendidas. Foi feito um pedido de doações de sangue.

A agência de notícias estatal libanesa NNA e duas fontes da área de segurança disseram que a explosão ocorreu na área portuária, onde existem armazéns que abrigam explosivos. Não ficou claro de imediato o que causou a explosão ou que tipo de explosivos estavam nos armazéns.

Segundo a emissora local LBC, o ministro da Saúde disse que havia um “número muito alto” de feridos e uma grande quantidade de danos. A emissora de televisão Al Mayadeen disse que centenas de pessoas ficaram feridas.(Com informações Reuters/ABr)

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn