17fev/210

Política: Brazlândia poderá abraçar o nome de “Goiano” para federal em 2022, veja o que alguns moradores e lideranças pensam

Brazlândia poderá se unir em 2022 pela a primeira vez em apoio a um nome para deputado federal

Eugênio Goiano - Pré- Candidato a deputado federal

Em menos de 15 dias após a divulgação de sua possível candidatura a uma cadeira de Deputado Federal em 2022. O popular Coronel do corpo de bombeiros, Eugênio Goiano, começa a ganhar uma musculatura considerada razoável e importante para um estreante em disputas eleitorais.

Dentro da comunidade de Brazlândia existe aqueles que acreditam que o nome de Eugênio Goiano poderá unir os influenciadores políticos da região;" Ele não tem rejeição e acredito que não haverá divergências quanto ao nome dele para deputado federal.  A cidade poderá votar unida pela a primeira vez em um candidato a federal. Brazlândia sairá fortalecida na disputa para federal", salientou Elias Alves, ex- diretor de cultura de Brazlândia.

O blogdogbu quis ouvir alguns moradores sobre a pré-candidatura de Eugênio Goiano para deputado federal em 2022. Veja o que disse alguns deles;

"Eu vou falar um negócio, acho uma boa se nós conseguirmos colocar o Goiano lá na Câmara Federal. Ele lá eu acho que será bom para Brazlândia né? A cidade iria dar uma alavancada em melhorias que está precisando. É um grande nome, íntegro, bem conhecido na sociedade. Um cara de personalidade e no meu ponto de vista, um guerreiro* !" - Moacir Milanês - Servidor Público

"Coronel Eugênio Goiano é um nome bom para representar Brazlândia e o Distrito Federal. É um nome que vem se consolidando nos últimos anos e tem feito um trabalho de bastidores com alguns aliados e sem sombra de dúvida vem aí para fazer a diferença. Coronel Eugênio Goiano é uma pessoa espetacular" - Ney Marques - Líder Comunitário

"Não posso negar que achei muito bom. O Goiano será um sangue novo em 2022 nas eleições para deputado federal* " - Sabino Arcanjo - Líder Comunitário

"Quem ganha é Brasília com o lançamento do nome do Goiano para federal na eleição que vem. A vitória do Goiano será um avanço no social, na segurança e na área do esporte. Certamente o melhor nome dos últimos tempos em Brazlândia em uma disputa política" - Neizinho Brasília / Morador de Brazlândia

"Fiquei feliz com o nosso amigo Goiano nas disputas de 2022 na condição de pré- candidato a deputado federal. É bem relacionado. Boa sorte a ele " - Júnior Peixoto - Vereador de Padre Bernardo

*"Eu acredito que a pré-candidatura do Goiano a deputado federal vai conseguir escrever um capítulo importante e diferente na história política dessa cidade em 2022. A candidatura dele vai conseguir mobilizar dentro de Brazlândia, eleitores da direita e esquerda de petista a tucanos, tendo em vista a boa aceitação que ele tem dentro da sociedade* " - Tio Rona Empresário

" Brazlândia com certeza vai abraçar seu filho na disputa para a Câmara Federal. O nome do Goiano tem densidade social e certamente se mostrará forte nas urnas em 2022. Espero que nossa comunidade saiba reconhecer um homem que sempre trabalhou por nós e continuará trabalhando como futuro deputado federal. Boa sorte ao Goiano" - Oswaldo Mutamba - Cronista esportivo

" Em 2022 a candidatura do nosso amigo Goiano para deputado federal será recebida de braços abertos pela a comunidade. Ele vai poder transitar com tranquilidade em todos os grupos políticos da cidade e levar sua mensagem nesse projeto audacioso e importante para Brasília" - Edimar Pireneus - Ex+ deputado distrital

" O Goiano é uma grande figura humana. Será um excelente candidato a federal para representar Brazlândia e todo o DF. Falar do Goiano é fácil, um companheiro de todas as batalhas, Brazlândia precisa de uma pessoa da competência do Goiano na Câmara Federal. Seja bem vindo a esse desafio. Tamo junto!" - Rochinha da Madeireira, Empresário

"As articulações que está levando ao lançamento da candidatura do Goiano a deputado federal em 2022, mostra uma ação habilidosa que se ele tiver metade dos votos de Brazlândia certamente já deve le garantir pelo menos a primeira suplência para deputado federal em um partido forte. Desejo boa sorte ao Goiano" - Elias Alves, ex-diretor de Cultura de Brazlândia

 

Redação

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
17fev/210

Polícia Federal foi à casa do parlamentar do PSL-RJ na noite desta terça-feira com mandado expedido por Alexandre de Moraes

Deputado Daniel Silveira (PSL-RJ)

Deputado Daniel Silveira (PSL-RJ)

O deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ) foi preso na noite desta terça-feira (16) em sua casa no Rio pela Polícia Federal. Ele foi alvo de uma ordem de prisão expedida pelo ministro do Supremo Tribunal Federal Alexandre de Moraes após publicar vídeo nas redes sociais contra os ministros do STF (veja o video).

"Nesse momento, 23h19, Polícia Federal na minha casa. Estão na minha sala. Deixei que entrassem na minha casa nesse horário com mandado de prisão expedido pelo Alexandre de Moraes. Ministro, não adianta tentar me calar, já fui preso mais de 90 vezes na Polícia Militar do RJ. Fiquei em lugares que você nem imagina. Ministro, você acha que vai mandar me prender passando por minha prerrogativa constitucional? Claro que não", disse Silveira em vídeo (veja abaixo).

"Vou lá dormir na Polícia Federal e daqui para a frente vamos ver quem é quem."

A prisão do deputado foi determinada por Moraes no âmbito do inquérito sigiloso que apura ameaças, ofensas e fake news disparadas contra ministros do STF e seus familiares. Segundo o Estadão/Broadcast apurou, Moraes entrou em contato com o presidente da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL), por telefone, logo depois de assinar a decisão.

No despacho, Moraes diz que "as manifestações do parlamentar Daniel Silveira, por meio da redes sociais, revelam-se gravíssimas, pois, não só atingem a honorabilidade e constituem ameaça ilegal à segurança dos Ministros do Supremo Tribunal Federal, como se revestem de claro intuito visando a impedir o exercício da judicatura, notadamente a independência do Poder Judiciário e a manutenção do Estado Democrático de Direito."

Moraes determinou ainda que o YouTube retire o vídeo publicado por Silveira sob pena de multa de R$ 100 mil por dia. "As condutas criminosas do parlamentar configuram flagrante delito, pois na verifica-se, de maneira clara e evidente, a perpetuação dos delitos acima mencionados, uma vez que o referido vídeo permanece disponível e acessível a todos os usuários da rede mundial de computadores."

As condutas criminosas do parlamentar configuram flagrante delito, pois na verifica-se, de maneira clara e evidente, a perpetuação dos delitos acima mencionados, uma vez que o referido vídeo permanece disponível e acessível a todos os usuários da rede mundial de computadores."

Entenda a polêmica

A prisão de Silveira marca o primeiro desgaste entre STF e Câmara desde que Lira assumiu o comando da Casa, há duas semanas. Aliados de Lira temem que a decisão leve a uma nova crise entre o Judiciário e o Legislativo.

Nas redes sociais, Silveira afirmou que a Polícia Federal esteve em sua residência na noite desta terça para cumprir o mandato. "Polícia Federal na minha casa neste exato momento com ordem de prisão expedida pelo ministro Alexandre de Moraes", escreveu o parlamentar. Silveira foi conduzido para a Superintendência da Polícia Federal no Rio.

Silveira é investigado no inquérito que mira o financiamento e organização de atos democráticos em Brasília. Em junho, ele foi alvo de buscas e apreensões pela Polícia Federal e teve o sigilo fiscal quebrado por decisão do ministro Alexandre de Moraes. Em depoimento, o parlamentar negou produzir ou repassar mensagens que incitassem animosidade das Forças Armadas contra o Supremo ou seus ministros.

Silveira está em seu primeiro mandato na Câmara. Ele ficou conhecido por destruir, durante a campanha de 2018, uma placa de rua que homenageava a vereadora Marielle Franco, assassinada a tiros em março daquele ano.

Portal R7

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
17fev/210

Ministério da Saúde compra mais 54 milhões e totaliza 100 milhões de vacinas

Com as outras 46 milhões de doses já adquiridas, governo federal garante um total de 100 milhões

O Ministério da Saúde assegurou mais 54 milhões de doses da vacina Coronavac contra a Covid-19, que com outras 46 milhões, desse imunizante já contratadas, permitirá distribuir aos estados, ao longo do ano até setembro, 100 milhões da vacina, conforme contrato assinado na última segunda-feira (15), à noite, pela Fundação Butantan

“Enviamos o contrato à Fundação na quinta-feira passada e trabalhamos no Ministério todo o final de semana, e sem feriado também, esperando o contrato assinado”, informou o Secretário Executivo, Elcio Franco, lembrando que “o Ministério tinha a opção de comprar essa remessa adicional da Coronavac até 30 de maio, como estava previsto no acordo que assinamos com o Butantan, em janeiro, para garantir 46 milhões de doses que, além de confirmadas, começaram a ser entregues em 18 de janeiro. Preferimos adiantar a confirmação para termos logo essas 54 milhões de doses”.

Além da Coronavac, o país receberá até dezembro mais 42,5 milhões de doses de vacinas fornecidas pelo Consórcio CovaxFacility. Outro fornecedor de imunizantes contra o novo coronavirus é a Fundação Oswaldo Cruz, com quem estão contratadas mais 222,4 milhões de doses que começaram a ser entregues mês passado.

O Ministério da Saúde deverá assinar nos próximos dias contratos de compra com a União Química, que deverá entregar 10 milhões de doses da vacina Sputnik V, entre março e maio, e com a Precisa Medicamentos, que poderá trazer no mesmo período ao país mais 30 milhões de doses da Covaxin.

A pasta ainda negocia com outros laboratórios para ampliar, ainda em 2021, as 364,9 milhões de doses que o Brasil tem atualmente contratadas, fora outras 10 milhões que poderá vir a confirmar com os fornecedores da Sputnik V e da Covaxin.

Diário do poder

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn