14jan/210

Política: Pré-candidato é criticado por exposição de morador de rua por lanche

Sem máscara o pré-candidato colocou em risco o humilde morador de rua. Mas em ano pré-eleitoral ele não quis saber disso

A cidade de Brazlândia começa a escrever os futuros capítulos das próximas eleições bem antes que as demais cidades do DF.

Pela as redes sociais o pré-candidato a distrital Israel da Mix Tupy decidiu forçar a barra ao decidir gravar um video doando um simples lanche para uma pessoa considerada  morador de rua e divulgar nas redes sociais.

Os críticos a atitude de Israel da Mix Tupy acredita que buscar aparecer fazendo esse tipo de situação é uma covardia ;"Aquilo que a mão direita faz a esquerda não precisa saber, nossa recompensa está no Senhor, fico muito triste pela pessoa que aparece no vídeo, porque você precisar não significa que você precisa ser exposto. lamentável ...", Declarou uma moradora da cidade.

Vale lembrar que o pré-candidato Israel da Mix Tupy não costuma realizar esse tipo de caridade. O blogdogbu verificou em suas redes sociais e não achou algo parecido. Em resumo a proximidade da eleição faz muita gente querer aparecer em situações como essas.

Uma bola fora de principiante!

Redação

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
14jan/210

GDF divulga calendário de pagamentos do Bolsa Família. Confira datas

O calendário está disponível no site da Secretaria de Desenvolvimento Social. São mais de 80 mil família beneficiadas na capital do país

JEFFERSON RUDY/ AGÊNCIA SENADO
Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) pede que as mais de 80 mil família beneficiadas pelo Bolsa Família no Distrito Federal fiquem atentas ao calendário oficial de pagamentos em 2021, divulgado nesta semana pelo Ministério da Cidadania.

As datas estão disponíveis no site do órgão distrital. O benefício será pago sempre nos últimos 10 dias úteis de cada mês, de forma escalonada; a única exceção é o mês de dezembro.

Para saber em que dia o benefício ficará disponível para saque ou crédito em conta bancária, a família deve observar o último dígito do Número de Identificação Social (NIS), impresso no cartão de cada titular.

As parcelas mensais ficam disponíveis para saque durante 90 dias após a data indicada no calendário. Os beneficiários podem conferir no extrato de pagamento a “Mensagem Bolsa Família”, com o valor do benefício.

A Caixa Econômica Federal, operadora do programa, já iniciou a identificação com cartazes dos locais em que o benefício poderá ser sacado, como agências, lotéricas e correspondentes bancários.

DIVULGAÇÃO/MINISTÉRIO DA CIDADANIAflyer com datas
Veja as datas do Bolsa Família
Atualização de cadastro

Em 2021, foram bloqueados de receber o Bolsa família beneficiários identificados como doadores de recursos financeiros e prestadores de serviços a campanhas eleitorais.

Também foram bloqueados candidatos a cargos eletivos com patrimônio incompatível com as regras do programa ou que foram eleitos no pleito de 2020. Caso se encaixem nas regras, a família precisa atualizar o cadastro nas unidades socioassistenciais do DF.

A atualização pode ser feita por meio de agendamento para atendimento em unidades do Centro de Referência em Assistência Social (Cras), pelo telefone 156 ou pelo site da Secretaria de Desenvolvimento Social.

DF Sem Miséria

O auxílio do GDF é um adicional ao programa Bolsa Família, do governo federal, que tem como objetivo de adequar os valores recebidos ao custo de vida na capital federal.

Têm direito ao benefício as famílias residentes no DF que, após o receber os benefícios de transferência de renda, apresentarem renda per capita inferior a R$ 140. É preciso ainda estarem inscritas no Cadastro Único (CadÚnico).

Os valores suplementados podem variar de R$ 20 a R$ 960, conforme composição e renda de cada família, até que a renda familiar, somada aos valores recebidos pelo Bolsa Família, alcance os R$ 140 per capita. (Com informações da Secretaria de Desenvolvimento Social)

Metropoles

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
14jan/210

Jovem que ameaçava ex de morte invade casa, mas é recebido a tiros por ela

Horas antes da invasão, a ex teria ido até a Delegacia da Mulher pedir ajuda diante das ameaças

Um jovem de 24 anos foi baleado pela ex-companheira, alvo de ameaças e agressões, na noite desta terça-feira (12), no bairro Tatuquara, em Curitiba. Ele foi atingido por dois tiros ao conseguir entrar na casa dela. Depois disso, a mulher fugiu antes da chegada da polícia. Horas antes da invasão, a ex teria ido até a Delegacia da Mulher pedir ajuda diante das ameaças.

A mulher mora em uma casa na Rua Conceição Maria Vieira da Rosa e estava se relacionando com o jovem há cerca de um ano e meio. Ele usa tornozeleira eletrônica e passou a apresentar comportamento agressivo logo após decidirem morar juntos.

Dentro de um ano, a mulher já tinha confeccionado ao menos quatro boletim de ocorrência, onde denunciava agressões e ameaças. Mesmo o jovem deixando a casa onde eles moravam, as ameaças continuavam.

O tenente Tonezi do 13° BPM disse que ontem ele foi até a casa dela para cumprir as ameaças. "Ontem mesmo, essa mulher fez um Boletim de Ocorrência na Delegacia de Mulher dizendo que estava sendo ameaçada pelo companheiro, sendo xingada e que romperia a tornozeleira eletrônica para matá-la. Na madrugada de hoje, ele veio até a casa dela para cumprir, mas ela revidou e efetuou dois disparos de arma de fogo contra ele", descreveu.

A mãe da mulher confirmou que o relacionamento da filha era conturbado. "Ele é muito ciumento. Ela disse pra mim que não aguentava mais as ameaças dele, dizia que era pra ele ir embora, que era pra mudar a tornozeleira dele para a casa da mãe dele e ele não aceitava. Até que ele foi embora, ela conseguiu expulsar ele, ainda foi agredida nesse dia. Ele levou os cartões dela, o celular, mas voltou depois. Não sei o que aconteceu, mas ele invadiu por trás, ela me ligou, eu disse que era pra chamar a polícia, mas não deu tempo. Ela me ligou dizendo que tinha atirado nele", descreveu a mãe dela.

Sobre a arma usada pela filha, a mãe não soube explicar. "O que eu fiquei espantada é que eu não sabia que ela tinha arma, não sei de onde é essa arma", completou a mãe.

Após os disparos, a mulher fugiu do local e não foi mais encontrada. Uma ambulância do Corpo de Bombeiros foi acionada e socorreu o homem ao Hospital do Trabalhador. Ele precisou ser entubado, está em estado grave e corre risco de morrer.

Foto: Banda B
Internet
Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn