2jan/210

Padre Bernardo: Joseleide Lázaro quer organizar o município com zelo a coisa pública

Joseleide Lázaro inicia a gestão com visão de unir o município para o futuro

A gestão do mais novo Prefeito de Padre Bernardo, Joseleide Lázaro, será priorizando a parte estrutural do município com atenção direta ao zelo com dinheiro público.

O chefe do executivo acredita que o momento será cuidar da cidade e definir a linha de atuação prioritária nesse início de mandato.

A postura do novo Prefeito vem sendo de ouvir os aliados para tomar as decisões;" Ele sinaliza uma forma diferente de fazer política. Parece centrado no que deseja fazer para Padre Bernardo", declarou um vereador ao gbu.

Desejamos boa sorte ao prefeito Joseleide Lázaro.

Redação

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
2jan/210

Coronavac não é aceita pelo governo da China e vira preocupação no Brasil

Chineses optaram por vacina com eficácia de 79,34%, o que indica que a Coronavac deve ser ainda menos eficaz

O governo da China aprovou a primeira vacina contra a covid-19 de uso geral do país, e a escolha elevou a preocupação no Brasil.

É que a China optou pelo imunizante produzido pelo laboratório estatal Sinopharm, que revelou ter 79,34% de eficácia nos estudos clínicos.

Aliada à demora na divulgação dos resultados, a opção pelo Sinopharm em vez do também chinês Sinovac, gerou a expectativa de que a eficácia da Coronavac seja ainda menor, para desespero do governador de São Paulo, João Dória. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O governo de SP e o Butantan, que desenvolveu a Coronavac com o Sinovac, adiaram por duas vezes a divulgação da eficácia da vacina.

Há uma semana, o secretário de Saúde de São Paulo, Jean Gorinchteyn, soltou a primeira bomba. “Sabíamos que jamais atingiria 90%”, disse.

O imunizante do Sinopharm já era usado de forma emergencial na China e se tornou a aposta do governo local para evitar nova onda de contágio.

O Sinovac admitiu ter subornado autoridades para conseguir registros de vacinas na China. Aparentemente, dessa vez o assunto é mais Diário do poder

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn