21out/200

Pesquisador que previu vitória de Trump em 2016 afirma: ele será reeleito

Segundo o pesquisador chefe do Trafalgar Group, apoio 'tímido', que não é registrado em pesquisas, dará a vitória ao republicano

Um dos únicos institutos de pesquisa a prever a vitória de Donald Trump em 2016, o Trafalgar Group concluiu nesta semana que o atual presidente dos Estados Unidos está encaminhado para vencer a disputa pela reeleição, este ano.

A previsão vai de encontro a maior parte das pesquisas de intenção de voto, que apontam uma liderança com folga do candidato de oposição, o democrata Joe Biden. O pesquisador chefe do instituto, Robert Cahaly, garante que esses levantamentos não levam em consideração o apoio ‘oculto’ ao republicano. Esse apoio não está considerado nas pesquisas, especialmente em estados chave, onde a disputa está apertada, como Michigan, Florida, Arizona e Ohio.

Cahaly chama essa parcela da população de ‘eleitor tímido de Trump’. Segundo o pesquisador, essas pessoas não estão interessadas em rapidamente compartilhar suas opiniões políticas por telefone, tampouco querem participar de pesquisas de opinião. “Se você não compensa por isso [o eleitor tímido]… você não terá resultados honestos”, afirmou o pesquisador do Trafalgar Group à rede de TV americana Fox News.

Nos EUA a eleição é definida através de um colégio eleitoral. Ou seja, o candidato não é eleito diretamente pela soma do voto popular, como no Brasil. Lá, cada estado vale um número específico de votos no colégio eleitoral. O candidato que vencer no estado leva todos os votos daquela unidade da federação, em quase todos os casos. A California, reduto democrata, vale 55 votos. Já o Texas, reduto republicano, vale 38. Para vencer, o candidato precisa obter 270 votos.

Em 2016, Trump venceu com 304 votos contra 227 de Hillary Clinton. A previsão do Trafalgar Group é que em 2020 será mais apertado, mas Donald Trump vencerá com quase 280 votos.

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
21out/200

Aprovados em primeiro e segundo turnos, Projetos de Lei de autoria do deputado Iolando

O PL 723/2019 de autoria do distrital Iolando, foi aprovado em primeiro e segundo turnos em sessão plenária na Câmara Legislativa do Distrito Federal e dispõe sobre a cobrança de taxas pelo serviço de religação de luz e água.

De acordo com o projeto, a Companhia Energética de Brasília (CEB) e a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (CAESB), não poderão fazer a cobrança das taxas de religação dos serviços públicos de distribuição de energia elétrica e de abastecimento de água e saneamento básico em caso de corte por falta de pagamento. Assim que o consumidor quitar os débitos e solicitar os serviços novamente, não terá que pagar taxa de religação.

O projeto tem o objetivo de beneficiar aqueles que apesar de terem ficado inadimplentes num primeiro momento, esforçaram-se para colocar suas contas em dia.

Também de autoria do deputado Iolando, foi aprovado na sessão plenária desta quarta-feira (21), o PL 731/2019, que dispõe sobre a dispensa dos alvarás de localização e funcionamento sanitário e ambiental para atividades de baixo risco.

Ascom Deputado Iolando

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn