29out/200

Projeto de Lei do deputado Iolando obriga inclusão do nome do responsável legal por crianças e adolescentes nas escolas e nas unidades de saúde

Nesta quarta-feira (28), foi aprovado em primeiro e segundo turnos na Câmara Legislativa, mais um Projeto de Lei do deputado Iolando. O projeto do distrital torna obrigatória a inclusão dos nomes dos pais ou dos responsáveis legais pelas crianças ou adolescentes nos cadastros das escolas e também nas unidades de saúde, tanto na rede pública quanto na rede privada.

A presença dos pais na vida dos filhos é, sem dúvida, imprescindível para que estes tenham um desenvolvimento sadio e pleno. O Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei no 8.069, de 13 de julho de 1990), aliás, estabelece como direito dos pais, por exemplo, ter ciência do processo pedagógico a que seus filhos estão submetidos (art. 53, parágrafo único) e a permanência em tempo integral em estabelecimentos de saúde em caso de internação da criança ou do adolescente.

Portanto, com o objetivo de oferecer às crianças e adolescentes e aos próprios pais, o acompanhamento mais ativo da vida de seus filhos, a proposição busca fornecer informações necessárias para que os educadores e profissionais de saúde possam localizar e até entrar em contato com qualquer um dos pais ou responsáveis legais para assuntos relacionados à educação ou à saúde do menor.

É dever da sociedade em geral e do poder público assegurar toda efetivação dos direitos referentes a vida, a saúde e a educação de crianças e adolescentes com a absoluta prioridade.

Ascom Deputado Iolando

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
21out/200

Pesquisador que previu vitória de Trump em 2016 afirma: ele será reeleito

Segundo o pesquisador chefe do Trafalgar Group, apoio 'tímido', que não é registrado em pesquisas, dará a vitória ao republicano

Um dos únicos institutos de pesquisa a prever a vitória de Donald Trump em 2016, o Trafalgar Group concluiu nesta semana que o atual presidente dos Estados Unidos está encaminhado para vencer a disputa pela reeleição, este ano.

A previsão vai de encontro a maior parte das pesquisas de intenção de voto, que apontam uma liderança com folga do candidato de oposição, o democrata Joe Biden. O pesquisador chefe do instituto, Robert Cahaly, garante que esses levantamentos não levam em consideração o apoio ‘oculto’ ao republicano. Esse apoio não está considerado nas pesquisas, especialmente em estados chave, onde a disputa está apertada, como Michigan, Florida, Arizona e Ohio.

Cahaly chama essa parcela da população de ‘eleitor tímido de Trump’. Segundo o pesquisador, essas pessoas não estão interessadas em rapidamente compartilhar suas opiniões políticas por telefone, tampouco querem participar de pesquisas de opinião. “Se você não compensa por isso [o eleitor tímido]… você não terá resultados honestos”, afirmou o pesquisador do Trafalgar Group à rede de TV americana Fox News.

Nos EUA a eleição é definida através de um colégio eleitoral. Ou seja, o candidato não é eleito diretamente pela soma do voto popular, como no Brasil. Lá, cada estado vale um número específico de votos no colégio eleitoral. O candidato que vencer no estado leva todos os votos daquela unidade da federação, em quase todos os casos. A California, reduto democrata, vale 55 votos. Já o Texas, reduto republicano, vale 38. Para vencer, o candidato precisa obter 270 votos.

Em 2016, Trump venceu com 304 votos contra 227 de Hillary Clinton. A previsão do Trafalgar Group é que em 2020 será mais apertado, mas Donald Trump vencerá com quase 280 votos.

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
21out/200

Aprovados em primeiro e segundo turnos, Projetos de Lei de autoria do deputado Iolando

O PL 723/2019 de autoria do distrital Iolando, foi aprovado em primeiro e segundo turnos em sessão plenária na Câmara Legislativa do Distrito Federal e dispõe sobre a cobrança de taxas pelo serviço de religação de luz e água.

De acordo com o projeto, a Companhia Energética de Brasília (CEB) e a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (CAESB), não poderão fazer a cobrança das taxas de religação dos serviços públicos de distribuição de energia elétrica e de abastecimento de água e saneamento básico em caso de corte por falta de pagamento. Assim que o consumidor quitar os débitos e solicitar os serviços novamente, não terá que pagar taxa de religação.

O projeto tem o objetivo de beneficiar aqueles que apesar de terem ficado inadimplentes num primeiro momento, esforçaram-se para colocar suas contas em dia.

Também de autoria do deputado Iolando, foi aprovado na sessão plenária desta quarta-feira (21), o PL 731/2019, que dispõe sobre a dispensa dos alvarás de localização e funcionamento sanitário e ambiental para atividades de baixo risco.

Ascom Deputado Iolando

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
9out/200

LUTO NO DF – Morre jornalista e apresentador Ricardo Noronha

Faleceu, nesta sexta-feira (9/10) o querido comunicador Ricardo Noronha. Jornalista e apresentador de programa de tevê, exerceu, como suplente, o mandato de deputado federal na legislatura 1999-2003, de 23 de fevereiro de 1999 a 14 de fevereiro de 2000, e de 17 de fevereiro a 4 de abril de 2000. Deixa família e uma legião de amigos. Que Deus conforte a família.

Donnysilva

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
7out/200

Política: Luzia de Paula já procura substituto de Marcelo Piauí

José Gomes cassado pelo o TRE

A mais nova deputada distrital Luzia de Paula que assumirá o mandato em virtude da cassação do deputado José Gomes pelo o TSE na noite dessa terça-feira. Deverá muito em breve ser efetivada no mandato e as articulações já começaram pela a cadeira do administrador Marcelo Piauí.

A parlamentar já mandou recado para o governador Ibaneis Rocha que deseja fazer parte da base aliada e o comando da grande Ceilândia poderá está na mesa de negociação.

Redação

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
6out/200

Cassado no TSE, José Gomes vai recorrer ao STF para tentar manter mandato

Esta será a última cartada do parlamentar para não perder a cadeira na Câmara Legislativa do DF

HUGO BARRETO/METRÓPOLES

Odeputado distrital José Gomes (PSB) deixará a Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) no momento em que a sentença de cassação do mandato chegar ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Para tentar reverter a decisão, o parlamentar vai recorrer ao Supremo Tribunal Federal (STF).

Na noite desta terça-feira (6/10), por unanimidade no mérito, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) cassou o mandato de Gomes por abuso de poder econômico.

A primeira suplente dele é a ex-deputada distrital Luzia de Paula (PSB). Nesta fase do processo, a única forma de Gomes permanecer no cargo é conseguindo uma liminar favorável no STF.

Gomes foi inicialmente condenado no TRE. Mas a defesa do parlamentar recorreu ao TSE, alegando que no julgamento havia faltado um magistrado.

Mas a tese foi vencida no plenário do TSE. E, no mérito, os magistrados foram unânimes pela cassação. Na leitura do advogado Cleber Lopes, o TSE ignorou a sua própria jurisprudência.

Jurisprudência

“A defesa não tem outra posição se não discordar e vai ao Supremo Tribunal Federal. Ao nosso juízo, com todo respeito, o TSE deixou de observar a sua própria jurisprudência”, afirmou.

Lopes ressaltou que no julgamento do ex-governador do Rio de Janeiro Luiz Fernando Pezão (MDB), o TSE julgou a mesma questão e teve entendimento oposto. Ou seja, ignorou a jurisprudência, o que fere a segurança jurídica. Metrópoles

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
3out/200

PM salva mulher que seria queimada viva pelo o ex- namorado

A vítima estava com o corpo coberto por gasolina no momento que a PMDF chegou no local

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) evitou um crime bárbaro, na manhã deste sábado (03), no bairro do Lago Norte, região nobre de Brasília. Um homem tentou incendiar a ex-namorada viva com ajuda de dois amigos.

Ao chegar na Prainha do Lago Norte, os policiais encontraram um veículo com quatro pessoas, nesse momento a vítima conseguiu sair do veículo e foi correndo em direção a viatura, pedindo ajuda. Os militares relatam que a mulher estava com o corpo coberto por gasolina e muito machucada.

O ex-namorado da vítima ainda estava com o isqueiro na mão no momento que os policiais deram voz de prisão ao grupo. Dentro do veículo foi encontrado um galão com gasolina e uma faca.

A vítima muito abalada, contou aos policiais que pela manhã seu ex-namorado teria ido a sua casa e feito ameaças de morte com a faca. A PM conseguiu evitar o crime após ser acionada para atender uma ocorrência de violência doméstica. Fato que demonstra a importância da denúncia em casos como este.

Todos foram encaminhados para a 6ª DP. O ex-namorado vai responder por tentativa de eeminicídio e os seus comparsas por tentativa de homicídio.

Diário do poder

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
3out/200

Ex-deputado distrital, Odilon Aires, falece em decorrência da E.L.A

Sua trajetória política foi dedicado por mais de 10 anos pelo DF

O ex-deputado distrital, Odilon Aires, faleceu neste sábado (03), em decorrência de uma infecção generalizada, aos 69 anos. Ele era portador da Esclerose Lateral Amiotrófica (ELA), diagnosticado em 2015. Estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), desde o dia 28 de setembro, no Hospital Santa Lúcia. Odilon deixa esposa, dois filhos e duas netas.

O parlamentar teve sua vida pública dedicada à população do Distrito Federal, sendo um dos precursores do então Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), em Brasília.

Na Câmara Legislativa, tinha como pautas principais a habitação, agricultura, qualificação para os jovens e melhorias nas condições de trabalho para os feirantes. Entre os projetos de lei criados, a gratuidade no serviço de teleatendimento ao consumidor (PL n° 437/2003), a criação da Feira Permanente do Setor M Norte (lei n° 1.242/96), a criação da Praça do Idoso localizado no Cruzeiro (lei n° 1.523/97) e área destinada à construção do Terminal Rodoviário de Sobradinho II (lei n° 1.955/98), se destacaram.

“Meu pai vai fazer muita falta. Ele foi um homem dedicado a causa das pessoas. Tenho orgulho de tudo o que realizou pelo DF”, disse emocionado o filho, Gustavo Aires.

Trajetória

Odilon Aires Cavalcante nasceu em Ponte Alta do Bom Jesus (TO), em 30 de julho de 1951. Formado em Ciências Econômicas, pela Faculdade Católica, chegou no DF em 1973.

Entre 1991 a 1993, foi administrador regional do Cruzeiro. Em 1994, como suplente na Câmara Legislativa, assumiu por nove meses o cargo de deputado.

Depois, eleito por três mandatos consecutivos, foi deputado distrital de 1995 a 2006. Além disso, foi secretário de Assuntos Fundiários

ELA

No ano passado, para conscientizar sobre a importância da informação adequada sobre ELA e o diagnóstico precoce, o ex-distrital realizou um evento, em parceria com a Associação Brasileira de Esclerose Lateral Amiotrófica (ABrEla), em um trajeto realizado entre o Museu Nacional e a Catedral Metripolitana.

BlogCris

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn