29jan/200

Garantida impunidade do professor que ensinava pornografia a crianças, no DF

Magistrado decidiu promover uma 'suspensão condicional do processo'

O juiz Felipe de Oliveira Kersten, da 4ª Vara Criminal de Brasília, aceitou denúncia contra o professor de português Wendel Santana, que em novembro foi flagrado dando aulas de pornografia a crianças do 6º ano de uma escola pública da capital, mas ele não corre o risco de ser condenado porque o próprio magistrado decidiu fazer uma “audiência de suspensão condicional do processo”.

Desse modo, o professor de sacanagens para crianças em escola pública ficará livre de punição desde que sejam cumpridos “alguns requisitos”, como proibição de frequentar alguns lugares ou de sair do DF.

Wendel era professor substituto da Secretaria de Educação e escreveu na lousa expressões como “boquete”, “punheta”, “siririca”, “penetração com dedo”, “dar o cu”, “fio terra” etc, a fim de as crianças as utilizassem em uma redação que ele exigia. Wendel nunca foi preso.

Os próprios alunos fizeram vídeos e fotos da lousa e mostraram aos pais, que denunciaram o sujeito. A professor disse à polícia que apenas propôs “um exercício de linguagem” e disse que a ideia era mostrar a diferença “entre maneiras formais e informais de falar sobre sexo”.

As expressões foram escritas na lousa para serem usadas pelas crianças em uma redação imposta pelo tal professor.
Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
28jan/200

Empresário de Brazlândia desfaz mau entendido de video de Posto na Vendinha

 

Um vídeo amador tentando manchar a imagem de um posto de gasolina na região da Vendinha -distrito de Padre Bernardo, movimentou as redes sociais e deu o que falar.

Na gravação amadora a pessoa mostra um funcionário do posto retirando algo de dentro de tanque de combustível. Na gravação suposições de que o posto estaria comentando irregularidades.

O empresário Lila Ramalho, proprietário do posto foi as redes sociais para esclarece o mal entendido. E se mostrou indignado com a atitude que acabou por expor de forma irresponsável o seu estabelecimento.  Vejo o vídeo acima.

Redação

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
23jan/200

Não vai ter Praça Marielle Franco

O governador Ibaneis Rocha vetou o projeto que cria a Praça Marielle Franco, no Setor Comercial Sul, aprovado pelos distritais em novembro do ano passado. Mas de acordo com Ibaneis, não existe nenhuma relação entre o nome de Marielle e Brasília.

“A tradição é homenagear pessoas que tenham servido diretamente à comunidade do DF.” A medida foi publicada na edição extra do Diário Oficial da Câmara Legislativa desta quarta-feira (22).

 

RADIOCORREDOR

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
23jan/200

A vaga de Fraga

As paredes de Brasília têm ouvidos!

Burburinhos com o nome de Alberto Fraga já começam a surgir nos bastidores do Distrito Federal. Caso Jair Bolsonaro recrie o Ministério de Segurança Pública, o posto de ministro, apesar de Bolsonaro não ter dito publicamente, pode ficar com o amigo do peito o ex-deputado federal, que tanto anseia por uma vaguinha no Governo.

Leia Também: A Situação de Luis Miranda
Uma eventual recriação do Ministério de Segurança Pública significaria uma “redução” de poder de Sergio Moro, hoje titular da pasta que abriga o tema junto da Justiça.

Será que Fraga, finalmente, vai compor a equipe de Bolsonaro?

 

RADIOCORREDOR

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
23jan/200

Ibaneis pede que Bolsonaro retire segurança pública de Moro: ‘ele não entende nada’

Ministro desdenha da preocupação do DF com a transferência de bandidões para a Papuda

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB) reagiu indignado a uma nota em que o ministro Sérgio Moro (Justiça) desdenha de uma queixa do secretário de segurança pública do DF, delegado federal Anderson Gustavo Torres, pela recusa do governo federal de compartilhar informações que dizem respeito diretamente à segurança dos moradores de Brasília. Ibaneis reafirmou o respeito que tem pelo presidente Jair Bolsonaro, mas fez um apelo público ao presidente para que retire a segurança pública das mãos do ministro. “Moro não entende nada de segurança pública”, disse o governador.

Além do secretário de Segurança, que recebeu carta ameaçando sua vida enviada do presídio da Papuda, também o governador do DF foi ameaçado por criminosos, através de telefonemas originados em presídio do Ceará, controlado pela gangue que controla presídios em todo o País.

Moro distribuiu nota à imprensa para responder a um ofício do secretário de segurança sobre informações de que dispõe sobre a iminente deflagração de atos de violência e vandalismo em Brasília, com grave risco para a segurança dos seus moradores, até como tentativa de “resgatar” do presídio da Papuda líderes da organização criminosa que controla presídios de todo o País. Um deles, considerado “inimigo público nº 1”, conhecido por Marcola, foi conduzido esta semana de helicóptero, sob inédito esquema de segurança, sem o conhecimento das autoridades locais, para fazer exames em um hospital.

Ibaneis ficou perplexo com o estranhamento do ministro da Justiça, em sua nota, sobre o fato de que o Distrito Federal é a única unidade da federação que reclama da presença de bandidos perigosos em seus presídios. “O ministro não sabe de nada, ignora que Brasília é sede dos três poderes, de todos os tribunais superiores, de quase duas centenas de representações diplomáticas, por isso não pode ser comparada a qualquer outro Estado”, explicou o governador do DF, que sempre manifestou inconformismo com a transferência de bandidos perigosos para o presídio federal da Papuda.

O governador de Brasília também destacou que Moro tenta “faturar” a redução da criminalidade no Brasil, “mas a verdade é que ele nada tem a ver com isso”. Segundo Ibaneis, a atuação do ex-ministro da Segurança Pública Raul Jungmann, “este sim, competente”, foi que determinou a redução desses indicadores, em razão de investimentos maciços realizados durante o governo Michel Temer (MDB).

A área de inteligência da Segurança Pública do DF trabalha com a informação de que é iminente a deflagração de ataques do crime organizado em Brasília, exatamente para provocar o caos e tentar “resgatar” seus líderes. DIARIODOPODER

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
23jan/200

Para Bolsonaro, ataques contra Regina Duarte reforçam acerto na Cultura

Após reações (e até ameaças) presidente avalia que 'foi feliz' a escolha da atriz para a Cultura

A reação agressiva da oposição ao convite à atriz Regina Duarte deu ao presidente Jair Bolsonaro, segundo fontes do Palácio do Planalto, a certeza de que ele foi feliz na escolha da nova titular da Secretaria Especial de Cultura do seu governo. Regina foi atacada e até ameaçada, após o convite. A doce “namoradinha do Brasil” não se deixou impressionar, mas fez um apelo dramático aos apoiadores, nas redes sociais: “Fiquem comigo, vou precisar saber que estão comigo”. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Além de atacar a atriz, opositores têm alegado que ela “nada tem a ganhar” ou que o presidente pretende apenas usar sua imagem.

Pesa contra Regina Duarte a inexperiência, mas não será a primeira pessoa, representante da vida artística, invicta em gestão pública.

Críticos que duvidam da capacidade de Regina Duarte, inclusive na classe artística, mal disfarçam o caráter preconceituoso contra mulher. Diariodopoder

 

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
23jan/200

“Pela brutalidade, os criminosos tinham a intenção de matá-lo

Polícia trabalha com a possibilidade de latrocínio e homicídio. Carro que estava ao lado de corpo era do jovem de 29 anos

Rafaela Felicciano/Metrópoles

RAFAELA FELICCIANO/METRÓPOLES

O motorista de aplicativo e estudante de gastronomia Maurício Cuquejo foi encontrado com diversas perfurações pelo corpo, na manhã desta quinta-feira (23/01/2020). Para o delegado responsável pelo caso, isso demonstra que os assassinos realmente tinham esse objetivo.

“Pela brutalidade, os criminosos tinham a intenção de matá-lo. Queriam matá-lo”, analisou Laércio Rossetto (foto em destaque). A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) trabalha com duas possibilidades: latrocínio ou homicídio.

Maurício tinha 29 anos e morava em Santa Maria. O corpo dele foi encontrado em uma poça de água, próximo ao Condomínio Núcleo Rural Boa Esperança ll, na região da Granja do Torto. A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) esteve no local, por volta das 7h, e achou também um carro Renault Logan de cor branca no local.

De acordo com Rossetto, o carro era de Maurício e, provavelmente, o corpo foi tirado do porta-malas do veículo. Havia também duas facas onde o homem se encontrava — uma com lâmina e outra sem.

Confira fotos do local:

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
22jan/200

Brazlândia: Distrital consegue que Projeto de ampliação do Hospital avance dentro do GDF

A cidade de Brazlândia já caminha a passos largos para ver o hospital da cidade reformado e ampliado.

Vale lembrar que o projeto vinha se arrastando a quase dois anos e teve nessa semana a aprovação por parte da NOVACAP e encontra-se para análise da CAP/SEDUH e em seguida prossegue  para licitação.

O parlamentar da região, Iolando Almeida, andou visitandos o Secretário de Gestão de Território para pedir rapidez e agilidade na análise do projeto para que a NOVACAP abra o edital de licitação da obra.

 

Redação

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
21jan/200

Sérgio Moro dá um baile no Roda Viva e mostra porque é admirado no Brasil e respeitado no exterior

 

blogdodonny
Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
21jan/200

Presidente Bolsonaro determina criação do Conselho da Amazônia

Objetivo do conselho será atuar em prol da preservação e desenvolvimento da região

O presidente Jair Bolsonaro determinou nesta terça-feira (21) a criação do Conselho da Amazônia, que será  coordenado pelo vice-presidente, Hamilton Mourão. Também será criada a Força Nacional Ambiental que atuará em prol da defesa da Amazônia.

Por meio de seu perfil no Twitter, Bolsonaro fez o anúncio da criação e explicou que será utilizada a própria estrutura da vice-presidência.  Segundo o presidente, objetivo da criação do conselho é coordenar as diversas ações em cada ministério voltadas para a proteção, defesa e desenvolvimento sustentável da Amazônia.”Dentre outras medidas determinadas está também a criação de uma Força Nacional Ambiental, à semelhança da Força Nacional de Segurança Pública, voltada à proteção do meio ambiente da Amazônia”.

O anúncio ocorre após cinco meses, quando houve o ápice das queimadas na Amazônia, algo que ocorre todos os anos, mas que em 2019 tomou uma grande proporção internacional e negativa para a imagem do Brasil.

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
21jan/200

Buriti encaminhará “pacotão” à CLDF para alavancar economia

Proposições do Executivo serão levadas à Câmara ainda na primeira quinzena de fevereiro. Distritais voltam do recesso no dia 02/02/2020

Rafaela Felicciano/Metrópoles

RAFAELA FELICCIANO/METRÓPOLES

O Governo do Distrito Federal (GDF) prepara um pacote de projetos para encaminhar à Câmara Legislativa ainda na primeira quinzena de fevereiro, quando a CLDF volta do recesso. O foco das propostas é alavancar a economia.

Reunião realizada entre o governador Ibaneis Rocha (MDB) e o líder do governo na Câmara, Bispo Renato Andrade, nesta sexta-feira (17/01/2020), abriu a rodada de conversas para traçar as metas do ano de 2020. Na próxima semana, serão ouvidos os secretários distritais para bater o martelo em proposições que já estão em andamento.

“A prioridade do GDF é aprovar projetos que gerem emprego e renda na cidade. Teremos outras proposições na área imobiliária e documentos voltados para a economia. Haverá a proposta para criar um fundo que fortaleça a educação e a saúde. Tudo será encaminhado em pacote, não mandaremos PLs individuais”, afirmou Bispo Renato Andrade.

Nesta semana, Ibaneis conversou com deputados da oposição sobre as políticas que pretende implementar. Na próxima semana, com o alinhamento dos secretários, falará à base governista na CLDF.

As mudanças no Programa Desenvolve-DF (ex-Pró-DF) também serão regulamentadas já no início deste ano com o mesmo intuito: alavancar a economia e reduzir o desemprego. Metropoles

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
21jan/200

Buriti encaminhará “pacotão” à CLDF para alavancar economia

Proposições do Executivo serão levadas à Câmara ainda na primeira quinzena de fevereiro. Distritais voltam do recesso no dia 02/02/2020

Rafaela Felicciano/Metrópoles

RAFAELA FELICCIANO/METRÓPOLES

O Governo do Distrito Federal (GDF) prepara um pacote de projetos para encaminhar à Câmara Legislativa ainda na primeira quinzena de fevereiro, quando a CLDF volta do recesso. O foco das propostas é alavancar a economia.

Reunião realizada entre o governador Ibaneis Rocha (MDB) e o líder do governo na Câmara, Bispo Renato Andrade, nesta sexta-feira (17/01/2020), abriu a rodada de conversas para traçar as metas do ano de 2020. Na próxima semana, serão ouvidos os secretários distritais para bater o martelo em proposições que já estão em andamento.

“A prioridade do GDF é aprovar projetos que gerem emprego e renda na cidade. Teremos outras proposições na área imobiliária e documentos voltados para a economia. Haverá a proposta para criar um fundo que fortaleça a educação e a saúde. Tudo será encaminhado em pacote, não mandaremos PLs individuais”, afirmou Bispo Renato Andrade.

Nesta semana, Ibaneis conversou com deputados da oposição sobre as políticas que pretende implementar. Na próxima semana, com o alinhamento dos secretários, falará à base governista na CLDF.

As mudanças no Programa Desenvolve-DF (ex-Pró-DF) também serão regulamentadas já no início deste ano com o mesmo intuito: alavancar a economia e reduzir o desemprego.

Metropoles

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn