25nov/190

Adiando problema

Ao menos cinco deputados distritais torcem muito para que 2019 acabe logo. Afinal de contas, estão sendo investigados e logo serão alvos de holofotes. Pelo visto, em 2020 teremos fortes emoções na Câmara Legislativa do Distrito Federal. Enquanto isso, os suplentes rezam…
donnysilva
Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
25nov/190

Namorado pede a mão do deputado Fábio Felix em casamento

 

O deputado distrital Fábio Felix teve neste domingo (24), um dia muito especial. Ele foi surpreendido com um pedido de casamento pelo namorado, o jovem Leonardo Domiciano.

Em seu primeiro mandato, o parlamentar do PSOL, foi eleito o primeiro LGBT assumido com mais de 10 mil votos.

Felix postou o momento do pedido nas redes sociais e claro que a resposta foi SIM. O post recebeu muitos comentários de parabéns e elogios ao casal.

Confira:

 

*com informações do Gay1

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
25nov/190

Com vitória apertada, Lacalle derrota a esquerda, no poder há 15 anos

Com 100% dos votos apurados, futuro presidente livra o Uruguai do domínio da Frente Ampla

O advogado Luis Lacalle Pou, candidato do Partido Nacional, põe fim a quinze anos de domínio da esquerda no Uruguai, nas eleições presidenciais disputadas em segundo turno. Com 100% dos votos apurados, Lacalle somava 48,7% do total, contra 47,5% do governista Daniel Martínez, da Frente Ampla, confirmando pesquisas de boca de urna divulgadas logo após o encerramento da votação.

Alegando a lei eleitoral uruguaia, as autoridades diferença reduzia a impede de proclamar o resultado final. Mais cedo, as pesquisas de boca de urna indicavam vitória apertada de Lacalle Pou. O instituto Cifra apontou Lacalle Pou com 49%, contra 47% de Martínez, enquanto o Opción registrava 48,8% contyra 47,2% e o Factum cravou empate em 48,2%. O mandato do atual presidente, Tabaré Vázquez, termina em janeiro.

No primeiro turno, Lacalle Pou obteve menos votos que Matínez, mas as pesquisas já indicavam sua vitória contra a esquerda no segundo turno das eleições presidenciais do Uruguai.

Lacalle obteve apoio do liberal Ernesto Talvi e do nacionalista Guido Manini Ríos, os dois candidatos derrotados mais bem votados no primeiro turno.

Diáriodopoder

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn