6set/190

Homem é suspeito de matar namorada após teste de gravidez

Segundo a PCGO, suspeito teria dado um tiro na cabeça da jovem. IML fará exame para comprovar se vítima estava realmente grávida

REPRODUÇÃO
A Polícia Civil de Goiás (PCGO) prendeu um homem suspeito de matar a namorada em uma casa abandonada no Residencial Greenville, no Novo Gama (GO), Entorno do Distrito Federal. Segundo as investigações, Kelson Lima de Souza, 21 anos, teria atirado na cabeça de Antoniara Lorrana Cruz de Sousa, 20, após a jovem sair para comprar um teste de gravidez.

Antoniara estava desaparecida desde o dia 27 de agosto, quando saiu com Kelson. A família da vítima já havia registrado uma ocorrência depois do sumiço da jovem.

De acordo com Pedro Trajano, delegado do Grupo de Investigação de Homicídios (GIH) do município goiano, o suspeito confessou o assassinato, mas negou que o motivo seria a provável gravidez da namorada. “O Kelson disse que a vítima teria gravado um vídeo íntimo dele e que iria expô-lo”, afirmou Trajano.

O delegado disse que ainda não foi possível precisar a data que o crime aconteceu, devido ao estado de decomposição do corpo. “A perícia ainda está sendo realizada pelo Instituto Médico Legal (IML), que realizará também um teste para comprovar se a vítima estava mesmo grávida”, esclarece.

A PCGO investiga se o homicídio de Antoniara teve a participação de terceiros. Kelson possui passagem por roubo no DF. (Com informações do Mais Goiás)

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
6set/190

Silvio Santos, bispo Edir Macedo e Hang virão ao 7 de Setembro, diz Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro anunciou, durante transmissão ao vivo no Facebook, na noite desta quinta-feira (5/9), que contará com a presença de alguns ilustres apoiadores de seu governo no desfile do 7 de Setembro, no próximo sábado, em Brasília.

De acordo com o presidente, acompanharão o desfile o apresentador e dono do SBT, Silvio Santos; o líder da Igreja Universal do Reino de Deus, bispo Edir Macedo; e o empresário Luciano Hang, dona da rede de lojas Havan.
“O Edir Macedo estará lá. Quem quiser ver o Silvio Santos, ele estará lá. O Luciano Hang, da Havan, também. Muitas críticas no Facebook, mas ele (Hang) fez muito pelos pobres. O que ele fez? deu emprego”, disse Bolsonaro durante a live.

Verde e amarelo x preto

Bolsonaro, que adotou um tom ainda mais nacionalista após a troca de acusações com o presidente da França, Emmanuel Macron, a respeito das queimadas na Amazônia, pediu, nesta semana, que os brasileiros saiam de verde e amarelo no próximo sábado.
Jornal Times
Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
6set/190

Com câmeras nas roupas de deputado federal, PCDF flagra extorsão. Já pensou se esta moda pega!!!

Homem viajou de Israel a Brasília somente para exigir de Luis Miranda (DEM-DF) R$ 760 mil para cessar a publicação de vídeos ofensivos

Jornal News

Polícia Civil do DF prendeu em flagrante, na noite dessa quinta-feira (05/09/2019), um homem com passaporte alemão que extorquia o deputado federal Luis Miranda (DEM-DF). Há pelo menos um mês, Daniel Luís Mogendorff vinha mantendo contato com o parlamentar.

Nas conversas, ele exigia R$ 760 mil em troca da promessa de cessar publicações produzidas por um grupo de youtubers que atacava o político do DF nas redes sociais.

Apesar do documento emitido pela Alemanha, Daniel mora em Tel Aviv, em Israel, e desembarcou em Brasília na quarta-feira (04/09/2019) supostamente para receber o dinheiro cobrado do deputado.

NAS ROUPAS DE MIRANDA, INSTALARAM MICROFONES E CÂMERAS INVISÍVEIS. UM DOS BOTÕES DA CAMISA, POR EXEMPLO, SERVIU PARA ESCONDER UMA FILMADORA QUE REGISTROU A EXTORSÃO.

Durante a reunião, que ocorreu no restaurante Coco Bambu, no Lago Sul, o suspeito, sem saber que era gravado, teria confessado uma série de crimes, inclusive o de lavagem de dinheiro para políticos influentes por meio da venda de diamantes.

Instruído pela polícia, para caracterizar o flagrante, o deputado disse ao criminoso que daria somente R$ 4 mil de sinal e que depois repassaria o restante. Nesse instante, mais de 20 agentes à paisana monitoravam o encontro.

Veja uma parte do encontro. Miranda aparece de preto nas imagens:

Preso em hotel

Após guardar o dinheiro, o homem entrou em um carro e se dirigiu ao Carton, no Setor Hoteleiro Sul, onde foi detido pela equipe da Delegacia de Repressão aos Crimes Cibernéticos (DRCC). A operação foi comandada pelo delegado Giancarlo Zuliani.

Procurado, Luis Miranda contou detalhes da coação sofrida. “Era um grupo que a PCDF investigava há um tempo e decidiu promover ataque a mim na internet. A intenção dessa quadrilha era minar minha imagem e conseguir dinheiro”, disse.

Já passava da meia-noite quando Miranda chegou ao Departamento de Polícia Especializada (DPE) para prestar depoimento.

Tivemos acesso às três páginas da oitiva do parlamentar. Nelas, o político narra que Daniel teria dito que um programa de uma grande emissora de televisão brasileira estaria produzindo uma reportagem com denúncias contra o deputado, mas caso recebesse R$ 1 milhão conseguiria usar sua suposta influência e impedir que a matéria fosse ao ar.

Antes do encontro no Coco Bambu, pela manhã, no Carlton, o criminoso teria convidado Miranda para um café e pediu R$ 360 mil para excluir do YouTube vídeos que denigrem a reputação do deputado do DF.

Além de Daniel Luís Mogendorff, a DRCC investiga a participação de outras quatro pessoas na rede montada na internet para extorquir o político. Todos foram indiciados por extorsão, incitação ao crime, organização criminosa e difamação.

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
6set/190

Polícia Militar encontra jovem desaparecida

A jovem L, de 16 anos, estava desaparecida desde o início da noite, por volta de 18h30. A jovem chegou em casa, na Ceilândia norte, após a aula, falou com os avós maternos e saiu novamente em direção à casa da avó paterna. Entretanto, não chegou ao seu destino. Sem notícias, a família ficou muito preocupada e divulgou a foto nas redes sociais. Por volta de 1h10, a equipe, composta pelo sargento R. Campos e soldados Santos e Pereira (10º Batalhão – Ceilândia) do GTOP 30, a localizou sentada próximo ao shopping JK e a conduziu em segurança para casa.

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn