7ago/190

Isenção ICMS: Distrital Iolando garante conquista histórica para a pessoa com deficiência

Distrital Iolando Almeida

Os deputados distritais apreciaram nesta terça-feira (6) a homologação de convênios que concedem benefícios fiscais aprovados pelo Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz). Entre eles, o que garante às pessoas com deficiência comprarem carros sem o Imposto sobre Operações relativas à Circulação de Mercadorias e Prestação de Serviços (ICMS). A matéria foi analisada pelas comissões de Economia, Orçamento e Finanças (CEOF) e de Constituição e Justiça (CCJ) esta tarde em plenário, e foi aprovada, em turno único e redação final, pelos 21 parlamentares presentes na sessão.

Os convênios homologados constam do projeto de decreto legislativo nº 52/2019 – o qual resultou da tramitação conjunta de texto do Executivo encaminhado na última semana à Casa e de proposta do deputado Iolando (PSC). "Agradeço aos colegas, que entenderam a necessidade e a importância de descontos já garantidos por regulamentação federal", afirmou o distrital ao final da votação.

Com a aprovação, ficam isentos do ICMS os carros novos adquiridos por pessoas com deficiência física, visual ou mental, ou autismo. O benefício aplica-se a veículos cujo preço de venda, incluídos os tributos incidentes, não ultrapasse R$ 70 mil. Além disso, o texto aprovado prorroga a isenção de ICMS para a aquisição de veículos para taxistas.

Muito mais sobre a Câmara Legislativa DF:

Divulgação – A divulgação feita por autoridade de ato, programa, obra ou serviços públicos de sua iniciativa, incluídos os decorrentes de emendas à Lei Orçamentária Anual, não caracteriza promoção pessoal, desde que atenda aos critérios previstos em norma interna de cada Poder. A medida consta da proposta de emenda à Lei Orgânica nº 15/2019, de autoria de vários deputados, aprovada em primeiro turno nesta terça-feira.

De acordo com o deputado Chico Vigilante (PT), a PELO deixa claro o que está na Constituição: definindo no âmbito do Distrito Federal, o que é propaganda institucional – impessoal, mas resguardando o direito de os parlamentares dizerem o que fizeram. "Os deputados estão sendo ameaçados de processo por divulgação, mas isso não configura promoção pessoal. A norma também deixa claro que não haverá esse tipo de divulgação em período eleitoral", comentou. A proposição ainda voltará a ser apreciada em segundo turno. Na votação de hoje, recebeu o voto "sim" de todos os 21 parlamentares presentes.

TCDF – Também foi aprovado, em segundo turno e redação final, o projeto de lei nº 506/2019, do Poder Executivo, que altera a Lei nº 6.216/2018, que dispõe sobre as diretrizes orçamentárias para o exercício financeiro de 2019. A proposição altera a LDO para permitir a reestruturação da carreira de controle externo do TCDF.

Veto – Os deputados distritais ainda derrubaram uma parte do veto do governador à lei orçamentária anual, que tratava de emenda do deputado Delmasso (PRB) destinando R$ 4 milhões ao projeto ViraVida, em apoio a jovens em situação de vulnerabilidade social.

_Denise Caputo e Marco Túlio Alencar_
_Fotos: Carlos Gandra/CLDF_
_Núcleo de Jornalismo - Câmara Legislativa_

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
7ago/190

Brazlândia: Se virar conselheiro tutelar, Alessandro poderá ser convidado para o embate de 2022

Professor Alessandro Ribeiro

O entusiasmado e competente Professor Alessandro Ribeiro da cidade de Brazlândia, deverá fazer dois estágios populares em pouco espaço de tempo.

A primeira missão do jovem Professor, será nas disputas eleitorais a uma vaga no Conselho Tutelar. O grupo de Alessandro espera transforma-lo no conselheiro mais votado da região.

Caso saia vitorioso no pleito que ocorrerá em outubro próximo. O líder comunitário arriscará um salto ainda maior em 2022, repetindo o caminho do hoje deputado distrital delegado Fernando Fernandes em 2018.

A proposta guardada a sete chaves mostra um Alessandro Ribeiro disposto a alcançar seu projeto audacioso e sair do anonimato de Brazlândia para a Câmara Legislativa do DF daqui a três anos.

Vale lembrar que Professor Alessandro Ribeiro negará até a morte os seus projetos politicos. Fato já esperado dentro da região.

Um dos aliados de Alessandro Ribeiro adiantou ao blogdogbu que ele deixará claro que vai discordar da matéria. Embora o tempo mostrará que o gbu está com a verdade.

 

Redação

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
7ago/190

Projeto permite propagandas com fotos e logomarcas de distritais

Texto prevê que deputados possam aparecer em publicidades para divulgar como foram gastos recursos liberados por emendas parlamentares

Igo Estrela/MetrópolesIGO ESTRELA/METRÓPOLES

ACâmara Legislativa aprovou nesta terça-feira (06/08/2019), em primeiro turno, o Projeto de Emenda à Lei Orgânica 15 de 2019 (Pelo 15). O texto prevê que os deputados não sejam punidos por propagandas com suas logomarcas e fotos ao divulgar os gastos liberados por meio de emendas parlamentares.

O projeto determina que cada um dos três Poderes do Distrito Federal poderá definir como serão as regras para a divulgação de ações políticas. Na opinião dos distritais, a medida não libera a autopromoção, apenas dará mais transparência na divulgação de emendas parlamentares e ações de seus respectivos mandatos, sem serem questionados pelo Ministério Público do Distrito Federal e dos Territórios (MPDFT) e pela Justiça.

“Essa é uma proposta de todos os deputados. Não dá para a gente fazer nosso trabalho e não podermos divulgá-lo. Tem casos nessa legislatura de a comunidade colocar uma faixa para agradecer a um deputado, e o MPDFT dizer que vai processá-lo”, defendeu o autor do Pelo 15, Chico Vigilante (PT).

Metropoles

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
7ago/190

lnvestigado acordo suspeito com ONG sobre desaparecidos na ditadura

Comissão de Mortos e Desaparecidos pagou R$2 milhões por serviço que a PF faria de graça

O governo Bolsonaro descobriu um certo “acordo de cooperação” – em inglês – pelo qual a Comissão Especial Sobre Mortos e Desaparecidos Políticos (CEMDP) transferiu para um organismo internacional a responsabilidade de fazer a perícia das ossadas do Cemitério de Perus. O “acordo”, firmado durante o governo Michel Temer, custou ao Brasil US$522.622, equivalentes a mais de R$2 milhões. O governo decidiu investigar se alguém locupletou-se do acordo infame.

A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

O detalhe é que a perícia da Polícia Federal dispõe de know-how e de todo o aparto tecnológico para fazer o serviço, mas a CEMDP não quis.

 

Esse “acordo” com o PNUD, que driblou a licitação, ocorreu no âmbito do programa “Fortalecimento dos mecanismos da justiça de transição”.

Assinaram o “acordo” a presidente da CEMDP Eugênia Gonzaga, Flávia Piovesan, ex-ministra dos Direitos Humanos no governo Temer.

A CEMDP foi criada com o objetivo de garantir indenização às famílias de vítimas da repressão. Mas vários dos seus atos serão investigados.

Diário do poder

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
7ago/190

Lula vai cumprir pena em São Paulo e poderá ser recolhido a cela coletiva

A lei prevê o direito de o presidiário cumprir pena próximo dos familiares

Preso em Curitiba desde abril de 2018 após ter sido condenado pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, o ex-presidente Lula passará a cumprir sua pena em São Paulo, onde poderá ocupar uma cela coletiva, conforme despacho da juíza Carolina Lebbos, responsável pela execução penal do ex-presidente. A decisão da Justiça Federal do Paraná não previa necessariamente recolhimento em sala de “Estado Maior”. E o juiz corregedor Paulo Eduardo de Almeida Sorci, da execução criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo, autorizou a transferência do petista para um presídio de Tremembé, no interior de São Paulo.

A decisão da transferência foi publicada no sistema da Justiça Federal do Paraná às 8h46 desta quarta-feira (7).

E, após solicitação da Justiça Federal do Paraná para que o TJ de São Paulo indicasse um estabelecimento para o apenado permanecer recolhido, o juiz corregedor Paulo Eduardo de Almeida Sorci determinou que Lula ficará custodiado na Penitenciária II de Tremembé, Dr. José Augusto César Salgado. A transferência atende a legislação que reconhece o direito do presidiário de cumprir pena na cidade ou Estado de seu domicílio, onde residem seus familiares, para facilitar visitação e a recuperação do reeducando.

Essa pena se refere apenas à primeira condenação de Lula. A Justiça considerou provado que o político petista recebeu um apartamento tríplex, na praia do Guarujá (SP), a título de propina da empreiteira OAS.

Diário do poder

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
7ago/190

PMDF: Demora no anúncio do novo comandante-geral pode indicar resistência dos coronéis ao Hospital da Segurança

Reprodução

Por Fred Lima

Sem um comandante-geral desde ontem (6), a Polícia Militar do Distrito Federal aguarda o anúncio de seu novo chefe. O secretário de Segurança Pública, Anderson Torres, tem feito a checagem junto aos nomes selecionados por ele próprio, mas até agora não ouviu um “sim”. O motivo pode ser a construção do Hospital da Segurança Pública, que vai atender também os policiais civis, em substituição à Policlínica da PM.

A ex-comandante-geral Sheyla Sampaio caiu por ser contra a inclusão da PCDF no novo modelo de hospital adotado pelo governo, apesar de seu comportamento em outros assuntos ter sido bastante criticado por membros do governo e pela corporação.

Parece que nenhum coronel quer ficar lembrado por ter cedido ao governo e acabado com a policlínica exclusiva aos militares.

Da Redação

 

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
7ago/190

TRE-DF Rejeita Recursos Do Distrital José Gomes E Mantém Cassação

Apesar da decisão, defesa pretende recorrer ao TSE para parlamentar ficar no cargo até o julgamento

Os desembargadores do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF) rejeitaram, por unanimidade, nesta segunda-feira (05/08/2019), os embargos de declaração interpostos pela defesa do distrital José Gomes (PSB). O deputado, já condenado à perda do mandato em 11 de abril deste ano, aguardava a análise do último recurso no TRE-DF. Os embargos são questionamentos à decisão dos magistrados. O argumento levantado pela defesa do parlamentar era de que Gomes não era candidato quando ocorreu a denúncia de irregularidades de abuso de poder econômico e compra de votos.

Para justificar a sentença, o desembargador Waldir Leôncio usou decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em que outros casos semelhantes também foram acatados pela Corte, principal instância eleitoral.

“O acórdão embargado mostra que o embargante já reunia condições de candidato, demonstrado o abuso de poder no período”, defendeu Leôncio.

Em nota, a assessoria de José Gomes afirmou que “a defesa irá recorrer junto ao TSE e a justiça prevalecerá. O parlamentar segue trabalhando ativamente pela população do DF no seu mandato parlamentar”.
Fonte: Metrópoles
Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
7ago/190

Ibaneis E Sua Própria Marca

 

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB) parece ter pego de vez o jeito rorizista de governar. O ex-governador Joaquim Roriz sabia, com habilidade ímpar, manter o governo unido em torno de si e todos falavam a mesma língua. Se alguém estivesse desafinando a orquestra do Buriti, era imediatamente exonerado.

Ibaneis nomeou muita gente que desconhecia devido aos acordos partidários, e nesse balaio apareceram indivíduos descompromissados com o governador e suas diretrizes. Resultado: Ibaneis se cansou de divisões e fogo-amigo dentro de sua equipe e resolveu por a caneta para funcionar no Diário Oficial.

O resultado é bom para a cidade, porque  governador é extremamente decidido, fato que é bom para a população, que se cansou da falta de decisões dos antecessores esquerdistas Agnelo Queiroz e Rodrigo Rollemberg.

Ibaneis começa a emplacar sua própria marca, ao exonerar quem não está alinhado com o governo. O estilo de governar de Ibaneis começa a receber elogios. Ninguém suporta incompetentes ocupando cargos estratégicos nem subordinados desobedientes no governo.

Podem até não gostar de Ibaneis, mas ao contrário de seus antecessores, ele tem acertado muito nestes primeiros oito meses de governo.

Donnysilva

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
7ago/190

Dona do pedaço: Vivi se desespera com nova namorada de chiclete

Cenas vão ao ar no fim de agosto na novela das 9

REPRODUÇÃO/TV GLOBO

Nos próximos capítulos de A Dona do Pedaço, Vivi (Paolla Oliveira) vai terminar seu noivado com Chiclete (Sérgio Guizé) ao descobrir que ele sempre ganhou a vida recebendo dinheiro para matar pessoas. Certo de que a digital influencer ainda o ama, o rapaz vai armar um namoro falso para fazer ciúmes nela. Porém, a história será tão convincente, que a blogueira vai dar o troco na mesma moeda.

Dias depois de terminar seu noivado com Chiclete, Vivi aparece no estúdio para mais uma sessão de fotos com Téo (Rainer Cadete) e se depara justamente com o matador profissional. Surpresa, a garota resolve esnobar o ex-noivo e diz que não combinou nada com ele. No entanto, o sujeito dá o troco em grande estilo e diz que não está ali por causa dela, mas por Sílvia (Lucy Ramos), que surge logo em seguida.

Alguns minutos depois, Chiclete e Sílvia saem do estúdio e Vivi explode de raiva, o que leva Kim (Monica Iozzi) a aconselhá-la a se conformar, pois um homem interessante como ele não fica livre por muito tempo. O que as duas não imaginam é que se trata de um namoro de fachada, pois o matador e a professora de inglês seguem para um café e o rapaz se diverte com a reação da ex-noiva.

A moça pergunta se Chiclete acredita que vai conseguir reatar a relação com Vivi e ele responde que é o que mais deseja na vida. Porém, a digital influencer logo vai dar o troco e fazer o assassino profissional provar do mesmo veneno ao se envolver com um instrutor de boxe.

As cenas em que Vivi se depara com Chiclete e Sílvia juntos estão previstas para serem exibidas no fim de agosto.

Metropoles

 

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
7ago/190

Copa Brasília: Brazlândia “atropela” Sobradinho ll na estréia do futsal

O time do Brazlândia goleou a equipe do Sobradinho ll por 4x1 na estréia da Copa Brasília de futsal no Sesc de Ceilândia

A equipe do Brazlândia de futsal mostrou favoritismo e estreou bem na Copa Brasília de futsal, que tem o apoio da Rede Globo.

Sob o comando dos experientes Pedrão e Corello e com três gols do jovem  Jhonata Katoia e um  de Bury, a equipe do Brazlândia deu um passeio no adversário logo no primeiro jogo da equipe na competição.

O time volta a jogar a próxima rodada contra a forte equipe de Águas Claras. O time do Brazlândia vem recebendo apoio da administração da cidade e tem como responsável o diretor de articulação Isaías Vilanova.

As disputas iniciais serão dentro da chave e em seguida inicia-se o mata-mata.

Redação

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
7ago/190

ADÉLIO QUER FALAR? E AGORA?

Há pouco, em sua conta no Twitter, o vereador Carlos Bolsonaro (PSL-RJ) fez uma publicação em referência ao caso Adélio Bispo de Oliveira, homem que tentou assassinar Jair Bolsonaro, atual presidente da República e pai de Carlos.
“ Adélio quer falar? E agora?”,escreveu.
A publicação faz referência ao canal do YouTube “Questione-se”, de Renato Barros. No vídeo, ele diz que Adélio Bispo quer falar, e procurou a Veja e o SBT.
Nesta segunda-feira, 5, o site jota.info veiculou a seguinte manchete: " TRF-2 proíbe SBT e Veja de entrevistarem homem que esfaqueou Bolsonaro".
De acordo com o magistrado, “Adélio Bispo tem mitigado a sua liberdade de expressão enqunato estiver preso provisoriamente.
BlogBombeiros
Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
7ago/190

Política: Filho de Juarezão e Bruno Simão juntos pelo o meio ambiente

O diário oficial trouxe mais uma nomeação para personagens politicos da região de Brazlândia. Dessa vez o filho do ex-deputado Juarezão.

A nomeação do jovem Bred foi considerada esperada por algumas lideranças da região e estará se juntando ao popular Bruno Simão na área ambiental.

Agora fica a pergunta. Quem é o padrinho dessas duas feras ?

Redação

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn