6jul/190

Sérgio Moro é aplaudido de pé durante vento em SP

Calorosa recepção confirmou que o ministro não perdeu prestígio

As reportagens sobre supostas mensagens trocadas entre o então juiz Sérgio Moro e procuradores da Lava Jato não abalaram o prestígio e a confiança no atual ministro da Justiça. Ao entrar no palco do Expert XP, feira anual com investidores, Moro foi aplaudido efusivamente e de pé pela plateia.

A maioria dos quase oito mil presentes pareceu compreender que, mesmo que sejam autênticas, as mensagens foram trocadas entre “mocinhos” que tentam prender bandidos e discutem a melhor forma de fazê-lo, sem deixar espaço para manobras jurídicas.

A calorosa recepção ao ministro ocorreu logo depois de uma nova reportagem, desta vez tratando de eventual delação do ex-deputado e ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha. Segundo a revista veja, há uma mensagem de Moro falando da expectativa do acordo com o ex-parlamentar. “Espero que não procedam”, diz a revista veja, atribuindo a fala ao ministro da Justiça.

Reforma

Ontem, foi o dia do ministro da Economia, Paulo Guedes, comparecer ao evento enquanto a comissão especial da reforma da Previdência, na Câmara, aprovava o parecer do relator Samuel Moreira (PSDB-SP).

Assim que foi aprovado o texto-base do relatório, a bolsa de valores de São Paulo, que estava em de queda, aos 102.991 pontos, virou a tendência e subiu para bater o recorde histórico e fechar em 103.653 pontos.

Diário do poder

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
6jul/190

Política: Iolando começará segundo semestre sem mudanças

O distrital Iolando Almeida finaliza o primeiro semestre na avaliação dele de forma positiva. Afinal, em seis meses de mandato garantiu a independência do hospital regional, construção de uma UPA e a duplicação da DF 001.

Com relação a administração regional e sua equipe, a posição do parlamentar é que os objetivos foram alcançados e não a necessidade de nenhuma troca de ocupantes de cargos de confiança.

Agora é esperar que o distrital esteja certo em suas avaliações. Pois para alguns líderes comunitários a realidade vem sendo outra. Afinal, quem está certo?

Redação

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn