29abr/190

*[ TCU determina bloqueio de Fundo Constitucional ]*

O secretário de Fazenda, André Clemente, me informou há pouco da determinação de bloqueio, por parte do Tribunal de Contas da União (TCU), de grande parte do Fundo Constitucional do Distrito Federal (FCDF), referentes à retenção do pagamento do imposto de renda dos profissionais das polícias Militar e Civil e do Corpo de Bombeiros Militar.

São milhões de reais que não virão mais para os cofres do Distrito Federal e que, certamente, provocarão uma perda muito grande na arrecadação.

Entendo como uma discriminação ao Distrito Federal, tendo em vista que as demais Unidades da Federação têm à disposição o Fundo de Participação dos Municípios e uma série de outros que são mantidos pela União e dos quais não existe bloqueio.

É uma situação grave e que necessita da união do conjunto da sociedade: trabalhadores, empresários, segmento político, todos têm que se unir na defesa do Distrito Federal, pois, é inaceitável esse bloqueio bilionário.

Faço um apelo aos ministros do TCU, que inclusive residem no Distrito Federal e sabem da importância destes recursos, para não insistirem com tal bloqueio, pois, será a população mais pobre que vai pagar o preço dessa obstrução.

Com essa medida da corte de contas, todos os segmentos da nossa cidade serão prejudicados. No entanto, temo que o Distrito Federal possa enfrentar uma grave crise na educação, na saúde e na segurança pública.

É hora de nos unirmos todos, independentemente de governo, para, juntos, salvarmos Brasília nesse momento grave.

*Chico Vigilante, deputado distrital (PT)*

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
29abr/190

Lula da Silva parece estar em um processo avançado de esclerose”, disse Doria.

"Nunca vi presidiário dar entrevista na prisão. É um fato inédito no Brasil", disse governador de São Paulo

O governador João Doria (PSDB)criticou nesse domingo, 28, a entrevista concedida pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silvaaos jornais Folha de S.Paulo e El País, em que disse, entre outras coisas, que o Brasil era governado por “um bando de maluco”.

“Me surpreendeu a entrevista. Nunca vi presidiário dar entrevista na prisão. É um fato inédito no Brasil. O ex-presidente e presidiário Luiz Inácio Lula da Silva parece estar em um processo avançado de esclerose”, disse Doria.

O tucano falou com os jornalistas após participar da convenção estadual do DEM na Assembleia Legislativa ao lado do vice governador, Rodrigo Garcia, que foi eleito presidente da sigla no Estado.
Veja
Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
29abr/190

A EDUCAÇÃO terá voz no blogdogbu com Professor Alessandro

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
29abr/190

Brazlândia: Ibaneis determina autonomia para HRBraz e reforço no quadro de médicos

O governador Ibaneis Rocha em encontro reservado com o distrital Iolando Almeida e gestores da saúde pública do DF, deu autorização ao secretário de Saúde para dar autonomia ao hospital Regional de Brazlândia HRBZ e a implantação da UPA na UBS já existente na quadra 45 na Vila São José.

O encontro também serviu para o chefe do executivo determinar um reforço no quadro de médicos já existente no hospital da cidade.

O parlamentar ao sair do encontro declarou ao gbu que continuará buscando melhorias para área mais complexa do governo dentro da sua região;" Vamos procurar avançar na melhoria da saúde. A situação requer uma atenção especial por parte de todos nós parlamentares", salientou Iolando Almeida.

 

Redação

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
29abr/190

Social: Jovens mostram superação em Brazlândia

 Por Matheus Moura

 O menino Luciano cresceu em meio as desigualdades sociais, vindo de família humilde passou por dificuldades, teve seu primeiro emprego em um lava-jato, muitos ao seu redor olhavam ele de cima para baixo e humilhavam por sua condição.

Um dia Luciano aprendeu a cortar cabelo “ Eu só queria uma oportunidade para mostrar meu trabalho de barbeiro”, foi quando um homem apareceu do nada e disse, “menino tu dá conta de fazer um corte tribal? Se der corta o meu” , Luciano se espantou e rapidamente providenciou o corte, depois dessa oportunidade ele não parou mais.

Do outro lado Rogel Wiker um menino que sobreviveu aos percalços da vida; “Teve um dia que tive quatro paradas cardíacas e sobrevivi, acho que Deus tem uma missão para mim”, salientou.

DUPLA DINÂMICA

Luciano Nunes e Rogel Wilker, deram a volta por cima, Luciano venceu os desafios e ficou reconhecido como um dos maiores barbeiros de cabelo, vendo a situação de Rogel, Luciano decidiu dá uma luz para ele, ensinou o amigo o dom da arte de cabelo, e em menos de um ano Rogel se transformou em um artista de cabelo da cidade.

Hoje os dois trabalham juntos e fazem o maior sucesso, o colega Mateus Oliveira afirma; “ Eles são a alma do negócio” eu decidi pergunta-los qual o segredo para tanto sucesso? Eles disseram “O que fala na barbearia fica na barbearia...”.
#barbearia#nunes# quadra 46.

 

Redação

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
29abr/190

Reforma da Previdência e MP do Saneamento avançam no Congresso

 
Reforma da Previdência e MP do Saneamento avançam no Congresso
A proposta de reforma da Previdência e a discussão sobre a medida provisória que altera regras no setor de saneamento no Brasil avançaram no Congresso Nacional ao longo da última semana.

As discussões na Câmara dos Deputados começaram com a tumultuada votação da admissibilidade da proposta de reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ).

BlogHudsonCunha

Na última terça-feira (23/4), após nove horas de sessão, a comissão aprovou o relatório do deputado Delegado Marcelo Freitas (PSL-MG), que atesta a constitucionalidade da reforma da Previdência. O parecer recebeu 48 votos favoráveis e 18 contrários.

A aprovação foi possível depois de o governo admitir alterar quatro pontos da proposta. Em um deles, ele excluiu do texto o trecho que retirava a obrigatoriedade de recolhimento de FGTS de aposentados e do pagamento da multa de 40% da rescisão contratual deles. Também retirou o trecho que definia Brasília como o foro para qualquer tipo de ação judicial sobre questões previdenciárias da reforma.

Além disso, o Executivo aceitou retirar da proposta o trecho que mudava a aposentadoria compulsória por lei complementar. Na prática, esse rito demandaria menos votos do que uma emenda à Constituição, o que é exigido hoje. Por último, o governo retirou o item que deixava apenas nas mãos do Executivo federal qualquer proposta de alteração nas regras da Previdência.

Na quinta-feira (25), o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), anunciou o nome do deputado Marcelo Ramos, do PR amazonense, para presidir a Comissão Especial da Reforma da Previdência. O relator do texto será o deputado Samuel Moreira, do PSDB paulista.

“O Brasil precisa da Reforma da Previdência primeiro para combater o déficit fiscal, que é evidente. A gente tem uma despesa muito maior que a receita, e grande parte do motivo para essa despesa é a própria Previdência. Custa mais do que aquilo que aqueles que participam do sistema previdenciário contribuem. E o segundo é a questão moral. Há muitos privilégios, há muita gente ganhando muito mais do que contribui ao longo da vida.  Então, isso precisa ser combatido”, explica o deputado federal Marcel Van Hattem, do Novo do Rio Grande do Sul.

Simples Trabalhista

No Senado, começou a tramitar o projeto de Lei que altera a legislação trabalhista para dar tratamento diferenciado às micro e pequenas empresas em relação ao pagamento de vale-transporte, salário-maternidade e ao chamado depósito recursal, entre outras mudanças.

A norma, quando passar a valer, pode diminuir burocracia, aumentar prazos para entrega de documentos e unificar o pagamento de impostos.

Na quinta-feira (25), o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), anunciou o nome do deputado Marcelo Ramos, do PR amazonense, para presidir a Comissão Especial da Reforma da Previdência. O relator do texto será o deputado Samuel Moreira, do PSDB paulista.

“O Brasil precisa da Reforma da Previdência primeiro para combater o déficit fiscal, que é evidente. A gente tem uma despesa muito maior que a receita, e grande parte do motivo para essa despesa é a própria Previdência. Custa mais do que aquilo que aqueles que participam do sistema previdenciário contribuem. E o segundo é a questão moral. Há muitos privilégios, há muita gente ganhando muito mais do que contribui ao longo da vida.  Então, isso precisa ser combatido”, explica o deputado federal Marcel Van Hattem, do Novo do Rio Grande do Sul.

Simples Trabalhista

No Senado, começou a tramitar o projeto de Lei que altera a legislação trabalhista para dar tratamento diferenciado às micro e pequenas empresas em relação ao pagamento de vale-transporte, salário-maternidade e ao chamado depósito recursal, entre outras mudanças.

A norma, quando passar a valer, pode diminuir burocracia, aumentar prazos para entrega de documentos e unificar o pagamento de impostos.

As multas trabalhistas serão calculadas de acordo com o faturamento das empresas. Hoje, os valores das penalidades são iguais para as micro, pequenas, médias e grandes empresas.

O projeto prevê, ainda, a facilitação do pagamento de benefícios aos trabalhadores. Por exemplo, a proposta é que o vale-transporte possa ser pago em dinheiro aos funcionários. No caso do salário-maternidade, a ideia é que a Previdência Social fique responsável por pagar esse benefício diretamente aos trabalhadores das MPEs. Hoje, essas empresas pagam o salário-maternidade e, depois, realizam a compensação no INSS, o que torna o processo burocrático e ocupa o capital desses empreendimentos temporariamente. O projeto está em análise na Comissão de Assuntos Sociais do Senado.

“É para juntar tributos, juntar documentos, suprimir documentos para que a vida do micro e pequeno empresário seja um pouco mais fácil. Então, a gente trabalha nisso há muitos anos e um dos grandes reclames do micro e pequeno empresário é a simplificação trabalhista”, afirma o autor do projeto, senador catarinense Jorginho Mello, líder do PR no Senado.

MP do Saneamento

Já na quarta-feira (24/4), membros da Comissão Mista do Congresso Nacional instalada para atualizar o marco legal do saneamento básico no país conheceram o relatório que incorporou emendas à Medida Provisória 868/2018 – conhecida como MP do Saneamento.

O texto prevê, por exemplo, que a Agência Nacional de Águas, a ANA, uniformize a regulamentação de saneamento básico, de forma a oferecer segurança para a atração de novos investimentos na área. Hoje, como o saneamento é competência dos municípios, há muita divergências nas normas aplicadas em diferentes localidades do país.

O relatório foi lido na última reunião da Comissão Mista que analisa a MP, mas a votação do texto ficou marcada para o próximo dia 7 de maio.

“Nós vamos votar assim que se encerrar as discussões. É regimental os prazos de discussão. Tem que cumprir os protocolos e, assim que se encerrar as discussões, processo de votação”, afirma o presidente da comissão, deputado Federal, Evair de Melo (PP-ES).

Se for aprovada na comissão mista, a MP do Saneamento seguirá para votação nos plenários da Câmara dos Deputados e do próprio Senado.

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
29abr/190

Política: Edimar Pireneus tem mais uma chance, segundo aliados

O ex- deputado distrital Edimar Pireneus vem avaliando se deve mesmo arriscar seu último tiro em uma eleição distrital daqui a três anos (2022).

Com dificuldade de se mostrar como renovação ou mesmo alternativa para uma cidade que decidiu le tirar do jogo político há 17 anos atrás, a tendência natural é que Pireneus não dispute o processo político nas eleições distritais.

O partido de Edimar Pireneus deve mesmo insistir em lança-lo a deputado federal, na avaliação dos caciques partidários, o ex- todo poderoso Edimar Pireneus já deu o que tinha de dar.

Opiniões contra e a favor do ex- distrital

Dentro da cidade de Brazlândia já tem aqueles que entendem que o ex- cacique Pireneus precisa sair da zona de conforto e insistir em uma eleição para deputado federal;" Nossa cidade precisa de novas idéias e buscar novos horizontes. Nosso amigo Edimar teve sua oportunidade por 12 anos e as urnas já responderam por si só se queriam a continuidade dele ou não", declarou Ana Paula, moradora do setor norte de Brazlândia.

Em outra vertente existe aqueles que acham que Edimar Pireneus ainda aguenta mais uma eleição;"Edimar tem mais uma chance. Ele é conhecedor e pode ainda contribuir com Brasília. Só acho que para distrital é suicídio político", declarou um admirador do ex- distrital.

Redação

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn
29abr/190

Distrital toma café da manhã com entidades da pessoa com deficiência

O DEPUTADO IOLANDO REÚNE ASSOCIAÇÕES DE PESSOAS COM DEFICIÊNCIA PARA CAFÉ DA MANHÃ

Deputado Iolando (PSC), participa nesta terça-feira (30), a partir das 9h, de café da manhã com as associações de pessoas com deficiência. O encontro é uma oportunidade para o segmento discutir juntamente com o distrital, sobre as causas em prol das pessoas com deficiência.

Defender interesses em favor da pessoa com deficiência será uma das principais bandeiras do deputado Iolando, durante todo o seu mandato na Câmara Legislativa do Distrito Federal.

MAIS SOBRE O ASSUNTO

 

O distrital é preciso lutar muito ainda, para garantir o direito e a inclusão desse público principalmente por meio da educação e também no mercado de trabalho.

”QUEM TEM QUALQUER TIPO DE DEFICIÊNCIA PRECISA SE SUPERAR TODOS OS DIAS E NECESSITA DE UMA ATENÇÃO MAIOR POR PARTE DO ESTADO EM RELAÇÃO ÀS POLÍTICAS PÚBLICAS COMO EDUCAÇÃO, TRABALHO E ACESSIBILIDADE”.

O deputado Iolando é um dos fundadores da União Brasileira da Pessoa com Deficiência (UBRAPOD).

O encontro com as associações na manhã desta terça-feira acontece no prédio do antigo ICEP Brasil – SIA Trecho III, lote 1.240.

Por: Laezia Bezerra

Quero CompartilharShare on FacebookShare on Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn